O pico mais alto da Alta Galileia é o Monte Meron, com uma altura de 1208 metros acima do nível do mar. Graças à abundância de água e ao solo fértil nos vales da Galileia, esta região tem sido relativamente bastante habitada desde os tempos antigos, e hoje tem a maior variedade de comunidades étnicas de Israel. Existem vilas drusas (Beit Jan, Peki`in) e circassianas (Reichaniya, Kfar Kana) que preservam suas tradições antigas; há vilas árabes com maiorias muçulmanas (Kafr Yasif) ou maiorias cristãs (Fasuta) ou vilas com um número balanceado de muçulmanos e cristãos (Ma’alot Tarkhisha).

Abaixo, Sefad, a maior cidade da Alta Galileia

  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 253
  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 252
  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 247
  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 245
  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 241
  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 239
  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 234
  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 231
  • Kiriat Shemona, Metula, Sefad, Israel, Holy Land 218

A Alta Galiléia é a região mais elevada na província da Galiléia no Estado de Israel, com montanhas que veriam entre 600 a mais de 1200 metros acima do nível do mar, esta região é de uma beleza natural de tirar o fôlego, ela é a fronteira natural entre Israel e o Líbano.

A região da alta Galiléia aparece na Bíblia principalmente como a região da Tribo de Naftali e a Tribo de Dan, mais ao norte e mais próxima ao Monte Hermon, suas grande elevações e depressões dificultavam a conquista por parte de outros povos e por outro lado dificultavam a colonização devido ao grande esforço diário requerido por seus moradores.

Na Bíblia, a profetiza Débora e o Comandante do Exército de Israel, Barak vieram desta região, isto revela a bravura de um povo que estava acostumado aos esforços físicos.

A grande altitude permite que o setor agrícola de Israel desenvolva ali cultivos típicos de regiões elevadas, vinhos, ameixas, pêssegos, maças e muitos outros.

Nos dias de inverno é comum na região nevar pelo menos mais de uma vez por ano, principalmente nos vilarejos acima de 800 metros acima do nível do Mar. A maior cidade da região é Sefad, ou Tzfat em Hebraico, a terceira cidade mais sagrada para os judeus, principalmente para o judeus cabalistas.

  • alta-galileia-1
  • alta-galileia-2
  • alta-galileia-3
  • alta-galileia-4
  • alta-galileia-5
  • alta-galileia-6
  • alta-galileia-7
  • alta-galileia-8
  • alta-galileia-9
  • alta-galileia-10

A Galileia é um dos maiores centros turísticos de Israel, com dezenas de tipos diferentes de lugares. Por exemplo, há os parques nacionais de antiguidades, comunidades agrícolas, lindas reservas naturais (Monte Meron, Floresta Baram, Nahal Kziv e muitos mais). A grande concentração de tais locais, a beleza natural e as paisagens estonteantes são o que tornam a Galileia tão especial. Ela até ganhou o apelido de Toscana ou de Provença israelense.

Abaixo, Tel Kedesh, a cidade bíblica de Cades, um cidade refúgio na Tribo de Naftali.

  • tel-kedesh

    Tel Kedesh na Alta Galileia

  • Tel Kedesh, Cades, Ramat Naftali, Naftali, Upper Galilee 032

    Tel Kedesh na Alta Galileia

  • Tel Kedesh, Cades, Ramat Naftali, Naftali, Upper Galilee 033

    Parque Nacional de Tel Kedesh na Alta Galileia

  • Tel Kedesh, Cades, Ramat Naftali, Naftali, Upper Galilee 039

    Tel Kedesh na Alta Galileia

  • Tel Kedesh, Cades, Ramat Naftali, Naftali, Upper Galilee 045

    Tel Kedesh na Alta Galileia

  • Tel Kedesh, Cades, Ramat Naftali, Naftali, Upper Galilee 050

    Ruínas de Tel Kedesh na Alta Galileia

  • Tel Kedesh, Cades, Ramat Naftali, Naftali, Upper Galilee 055

    Ruínas de Tel Kedesh na Alta Galileia

  • Tel Kedesh, Cades, Ramat Naftali, Naftali, Upper Galilee 063

    Ruínas de Tel Kedesh na Alta Galileia