Anúncio

Hebraico, este é o idioma do meu dia a dia, falo em hebraico, escrevo em Hebraico, penso em Hebraico, planejo em Hebraico, sonho em Hebraico… obrigado Senhor por me fazer nascer de novo no Hebraico. O que parecia um sonho distante se tornou um milagre transformador em minha vida, e agora tudo é dedicado novamente a ti meu SENHOR e REI. Portanto, vamos aprender Hebraico…

Conheça aqui Sete razões pelo qual cremos que Jesus falava o Hebraico e não o Aramaico.

HEBRAICO – ESTE É O IDIOMA DE JESUS – YESHUA
Apesar da tentativa do Papa desdenhar o conhecimento de Benjamin Netanyahu de que o idioma de Jesus – Yeshua é Hebraico, infelizmente eu tenho que compartilhar o meu conhecimento com vocês, pois creio que ele poderá esclarecer muito para vocês. Há muitas razões para que eu faça esta afirmação, aqui vai somente algumas delas, se quiserem poderei postar mais informações.

  1. O Hebraico sempre foi o idioma dos Judeus, não o Aramaico. Na própria Bíblia, em Isaias 36:11 está escrito ויאמר אליקים ושבנא ויואח אל רב שקה דבר נא אל עבדיך ארמית כי שמעים אנחנו ואל תדבר אלינו יהודית באזני העם אשר על החומה
    Então disseram Eliaquim, Sebna e Joá a Rabsaqué: Pedimos-te que fales aos teus servos em aramaico, porque bem o entendemos, e não nos fales em judaico(hebraico), aos ouvidos do povo que está sobre o muro.
    Isaías 36:11
    Mesmo parte dos livros de Esdras e Neemias que foram escritos em Aramaico, no começo e no fim encerram com Hebraico, todos os nomes de todos os personagens estão em Hebraico, mesmo o dos inimigos de ISRAEL, além disso, Neemias adverte no final do livro que os filhos bastardos que foram por ele espancados não falavam Yehudit(ou seja, Hebraico), pois o que estava ocorrendo é que o Povo de ISRAEL, bem como na era moderna estava restaurando o Hebraico, enquanto os que eram misturados continuavam sem aprender o Hebraico e sem se integrar no povo de ISRAEL, sem aprender a Torah e continuando a viver no paganismo.
    Ou seja, este era o idioma do povo de ISRAEL, e não o Aramaico, o povo não entendia Aramaico.
  2. Mesmo no Novo Testamento, os Hebreus dominavam o Aramaico, o Aramaico era uma lingua franca, usada o comércio, por pessoas que tinham um certo contato com outros povos, mas o povão, a quem Jesus normalmente falava, o idioma era o Hebraico.
  3. Jesus falava o Hebraico de casa mas dominava o Aramaico, o Grego e o Latin, visto que sua mãe era de linhagem sacerdotal, seu país de linhagem real, a Torah na qual cresceu era lida e pronunciada em Hebraico. Alguns textos revelam que ele falou com judeus da diáspora, da Grécia e de outros lugares, além disso ele conversou com Pilatos que falava Latin.
  4. Em muitas ocasiões os discípulos e outros pediam para “interpretar” o que ele diziam, explicar, isto por que o nível de Hebraico de Yeshua era muito alto, até mesmo para o povão, daí o grande número de parábolas, afim de esclarecer ainda mais a mensagem do Eterno.
  5. Além de tudo isso, o que mais demonstra que o idioma mãe de Jesus era sem dúvida alguma o Hebraico e não qualquer outro são as últimas palavras. “Eli, Eli, Lama Hachzavtani” ou seja, na hora da morte, que idioma você falaria tendo nascido no Brasil ou em Portugal? Inglês, Francês? Con certeza você falaria o Português, pois bem, da mesma forma, estas palavras estão em Hebraico, em Aramaico não seria Eli, seria Eloahi, ou seja, estas últimas palavras, mesmo transliteradas do Grego, são Hebraicas e nem mesmo a vontade do papa de envergonhar o primeiro ministro de ISRAEL podem apagar isto. Estas são exatamente as mesmas palavras na profecia messiânica descrita em Salmos.”אֵלִי אֵלִי, לָמָה עֲזַבְתָּנִי; רָחוֹק מִישׁוּעָתִי, דִּבְרֵי שַׁאֲגָתִי.”
    Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que te alongas do meu auxílio e das palavras do meu bramido? Salmos 22:1
    Salmos 22:1
  6. Os Manuscritos do Mar Morto, contemporâneos de Jesus – Além de tudo isso que argumentamos, mais de 90% dos pergaminhos do Mar Morto, contemporâneos de Jesus, a mais importante descoberta que comprova a veracidade dos textos bíblicos, estão escritos em Hebraico.
  7. O Número Perfeito – para encerrar vamos ao nome, tanto Yeshua, quanto Yehoshua são nomes Hebraicos, este nome aparece em Esdras, Neemias e Josué, todas as vezes como nome de Judeus, cujo significado em Hebraico é, |A Salvação| em pessoa, o nome de Maria era Miriam, o nome de José era Yossef, e a lista é grande, todos nomes hebraicos. Os ensinamentos descritos no Livro de João só fazem sentido real e profundo quando estão em Hebraico, não em Aramaico e não em Grego. Agora usemos a lógica bíblica, o Livro de João afirma que Yeshua é a Palavra de YHWH revelada aos homens, a primeira versão desta palavra foi revelada a Moisés 3500 anos antes em Hebraico para o Povo Hebreu. 3500 anos depois, para o Povo Hebreu, como seria revelada a Palavra de YHWH novamente, em grego, em aramaico, em português? Ora se YHWH não mudou e nunca mudo, ele é o Eterno, então a sua Palavra, Yeshua, não mudou, ELE é Eterno, então sua revelação aos homens deveria ser a mesma, os mesmo mandamentos, a mesma justiça, a mesma misericórdia, o mesmo amor “amarás ao teu Deus”, “amarás o teu próximo” e por fim o mesmo idioma, o HEBRAICO.

Que o papa Francisco me perdoe, mais uma vez ele errou, o Idioma de YESHUA, JESUS era o HEBRAICO, VIVA O HEBRAICO.

Anuncio

pt_heb_scholarships

0 746

Miguel Nicolaevsky

Pesquisador bíblico, escritor, fotógrafo e empresário. Vivendo a mais de 20 anos em Israel de onde dirige o portal de notícias Cafetorah.com. Palestrante em Geografia Bíblia, Exegese do Hebraico e Aramaico Bíblico, Tradutor Simultâneo e Conferencista, tudo por ELE, através dELE e dedicado para ELE.

Anúncio