Benjamin Netanyahu revelou as mentiras do governo do Irã

Top Banner eTeacher

Em cadeia nacional para o Povo de Israel e para o Mundo, Benjamin Netanyahu revelou as mentiras do governo do Irã apresentando provas irrefutáveis de que os iranianos mentiram e continuam mentido sobre o Programa Nuclear do Irã.

A Agência de Inteligência de Israel, o Mossad, conseguiu por mãos no Irã nos arquivos do programa nuclear iraniano e conseguiu copiar mais 100.000 arquivos secretos revelando em detalhes como desenvolver usinas nucleares, como enriquecer o urânio, como fazer testes nucleares, enfim, tudo nos mínimos detalhes.

As informações contradizem as constantes afirmações da cúpula do governo iraniano que nega ter desenvolvido um programa de armamento nuclear. Diante destes dados apresentados, Benjamin Netanyahu afirmou que o acordo de não proliferação nuclear assinado pelo Irã foi um grande cartada baseada em mentiras pela liderança extremista xiita iraniana.

A apresentação de Benjamin Netanyahu revelou uma grande conquista da Agência de Inteligência do Estado de Israel que opera secretamente em todo Mundo. O governo do Irã tentou esconder da comunidade internacional o seu programa de produção de armamento nuclear, transferindo seus arquivos para uso futuro em um armazém aparentemente inocente, mas o Mossad conseguiu chegar no local, fotografar e copiar os dados.

Benjamin Netanyahu declarou que acredita que o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump será sábio e tomará a decisão correta em relação ao acordo de não proliferação nuclear que está para perder sua validade. Se o acordo não for renovado, recairão sanções pesadas sobre o governo persa e os bilhões de dólares irão parar de fluir para os terroristas.

eTeacher Banner Central
4 respostas
  1. Viviane
    Viviane says:

    Uau!
    Que Agência de Inteligência!
    Como Deus tem capacitado seu povo amado.
    Surpreendente, noticia bombástica para os opositores de Israel e que foram ingênuo em acreditar no Irã.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *