Betel ou Bethel

Top Banner eTeacher

Na história do sonho de Jacó está escrito que ele chamou o lugar "Beit-El" e no livro de Juízes está escrito que a tribo de Efraim conquistou a cidade e chamou Beit-El. Ambas as fontes enfatizam que o nome anterior da cidade que havia ali, embora no Livro de Gênesis diz que o nome da cidade era Luz anteriormente.

“E chamou aquele lugar Betel; porém o nome da cidade antes era Luz.”

Genesis 28:19 ALMEIDA

Na opinião de vários estudiosos da Bíblia, Beit-El começou durante o período canaaneu, e no local adoravam um deus cananeus chamado El, porém, desacordo com o texto, Jacó não estava dentro da cidade, mas sim junto a ela, pois ele reuniu as pedras do local para dormir sobre elas, ou seja, era um campo.

“Partiu, pois, Jacó de Beer-seba e se foi em direção a Harã; e chegou a um lugar onde passou a noite, porque o sol já se havia posto; e, tomando uma das pedras do lugar e pondo-a debaixo da cabeça, deitou-se ali para dormir. Então sonhou: estava posta sobre a terra uma escada, cujo topo chegava ao céu; e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela; por cima dela estava o Senhor, que disse: Eu sou o Senhor, o Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque; esta terra em que estás deitado, eu a darei a ti e à tua descendência; e a tua descendência será como o pó da terra; dilatar-te-ás para o ocidente, para o oriente, para o norte e para o sul; por meio de ti e da tua descendência serão benditas todas as famílias da terra. Eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra; pois não te deixarei até que haja cumprido aquilo de que te tenho falado. Ao acordar Jacó do seu sono, disse: Realmente o Senhor está neste lugar; e eu não o sabia. E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus. Jacó levantou-se de manhã cedo, tomou a pedra que pusera debaixo da cabeça, e a pôs como coluna; e derramou-lhe azeite em cima. E chamou aquele lugar Betel; porém o nome da cidade antes era Luz. Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo e me guardar neste caminho que vou seguindo, e me der pão para comer e vestes para vestir, de modo que eu volte em paz à casa de meu pai, e se o Senhor for o meu Deus, então esta pedra que tenho posto como coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo.”

Genesis 28:10–22 ALMEIDA

Betel na Bíblia

O sonho da escada de Jacob de acordo com a Bíblia ocorreu em Bet-El, Michael Lucas Leopold Wilman, 1691

O Livro de Gênesis afirma que a segunda estação de Abraão na Terra de Israel estava entre Bet-El e Ai.

De acordo com a história de Gênesis. O Patriarca Jacó sonhou com uma escada onde os anjos subiam e desciam, quando ele fugiu de Esaú para Harã. Quando ele fez um voto ele fez um voto, e ergueu uma lápide pelo nome de seu Deus. Anos depois, quando Deus lhe foi revelado e pediu-lhe que voltasse para a Terra de Israel, ele lhe foi revelado como "o Deus da Casa de Deus", ou seja, o Deus de Betel.

Após a violação de Dinah, Jacó retornou a Bet-El e recebeu uma revelação divina ali que mudou seu nome de Jacó para Israel, e assegura-lhe a linhagem do povo e os reis que vieram dele e a herança da terra aos seus descendentes.

De acordo com o Livro de Josué, Betel foi a fronteira entre a herança da tribo de Benjamim e a herança da tribo de Efraim no início do Livro de Juízes.

Foi em Betel que os Hebreus consultaram ao Senhor se deveriam lutar contra a tribo de Benjamin que havia cometido um grande pecado contra uma mulher da tribo de Judá.

“Então, levantando-se os filhos de Israel, subiram a Betel, e consultaram a Deus, perguntando: Quem dentre nós subirá primeiro a pelejar contra Benjamim ? Respondeu o Senhor: Judá subirá primeiro.”

Juízes 20:18 ALMEIDA

“Então os filhos de Benjamim saíram ao encontro do povo, e foram atraídos da cidade. e começaram a ferir o povo como das outras vezes, matando uns trinta homens de Israel, pelos caminhos, um dos quais sobe para Betel, e o outro para Gibeá pelo campo.”

Juízes 20:31 ALMEIDA

Beit-El é mencionado como uma cidade que o profeta Samuel passa quando ele viaja ao redor do país para julgar Israel.

“De ano em ano rodeava por Betel, Gilgal e Mizpá, julgando a Israel em todos esses lugares.”

1 Samuel 7:16 ALMEIDA

“Então dali passarás mais adiante, e chegarás ao carvalho de Tabor; ali te encontrarão três homens, que vão subindo a Deus, a Betel, levando um três cabritos, outro três formas de pão, e o outro um odre de vinho.”

1 Samuel 10:3 ALMEIDA

Durante o período de divisão entre o reino de Judá e o reino de Israel, Jeroboão, filho de Nebath, rei de Israel, colocou um dos Bezerros de Ouro em Betel, que serviu como um local ritual central no reino de Israel. Trinta anos depois, o rei Josias quebrou o altar em Betel como parte de sua luta contra a idolatria e o culto realizados fora do Templo.

Foi em Betel que Saul ficou acampado com seu exército antes da batalha contra os filisteus em Micmás

“Escolheu para si três mil homens de Israel; dois mil estavam com Saul em Micmás e no monte de Betel, e mil estavam com Jônatas em Gibeá de Benjamim. Quanto ao resto do povo, mandou-o cada um para sua tenda.”

1 Samuel 13:2 ALMEIDA

Arqueologia em Tel Betel

De acordo com a maioria dos estudiosos, Beit El é identificado com a aldeia de Beitin, que fica no canto sudeste da cidade antiga e está localizada a sudeste do moderno Beit El. O primeiro a reconhecer a cidade foi Edward Robinson em 1838. William Fauxwell Albright que descobriu um muro da cidade em 1927, afirmando que a casa era cananeita e israelense. Foram realizadas quatro escavações arqueológicas entre 1934 e 1960. O primeiro período da cidade Cananéia média incluiu uma etapa, facas de pederneira, ossos de animais e restos de sangue. A cidade estava cercada por uma parede apenas no segundo período cananéia média, e desse período havia um templo, cerâmica ritual e ossos de animais. Havia também selos e figuras de Astarte. No período israelense parece que a cidade perdeu seu status.

Betel dos Hebreus Bíblica

Segundo o Prof. Zeev Vilnai, a Betel dos Hebreus fica um pouco a noroeste a Betel dos Cananeus(Luz). Ela está localizada onde hoje se pode ver as ruínas de um templo construído pelo rei de Israel, Jeroboão.

“E Jeroboão ordenou uma festa no oitavo mês, no dia décimo quinto do mês, como a festa que se celebrava em Judá, e sacrificou no altar. Semelhantemente fez em Betel, sacrificando aos bezerros que tinha feito; também em Betel estabeleceu os sacerdotes dos altos que fizera. Sacrificou, pois, no altar, que fizera em Betel, no dia décimo quinto do oitavo mês, mês que ele tinha escolhido a seu bel prazer; assim ordenou uma festa para os filhos de Israel, e sacrificou no altar, queimando incenso.”

(1 Reis 12:32–33 ALMEIDA)

Este templo e o bezerro de ouro que havia ali foram destruídos pelo rei Josias cerca de 60 anos depois, durante a sua reforma administrativa e espiritual.

“O rei profanou também os altos que estavam ao oriente de Jerusalém, à direita do Monte de Corrupção, os quais Salomão, rei de Israel, edificara a Astarote, abominação dos sidônios, a Quemós, abominação dos moabitas, e a Milcom, abominação dos filhos de Amom. Semelhantemente quebrou as colunas, e cortou os aserins, e encheu os seus lugares de ossos de homens. Igualmente o altar que estava em Betel, e o alto feito por Jeroboão, filho de Nebate, que fizera Israel pecar, esse altar e o alto ele os derrubou; queimando o alto, reduziu-o a pó, e queimou a Asera. E, virando-se Josias, viu as sepulturas que estavam ali no monte, e mandou tirar os ossos das sepulturas e os queimou sobre aquele altar, e assim o profanou, conforme a palavra do Senhor proclamada pelo homem de Deus que predissera estas coisas. Então perguntou: Que monumento é este que vejo? Responderam- lhe os homens da cidade: é a sepultura do homem de Deus que veio de Judá e predisse estas coisas que acabas de fazer contra este altar de Betel.”

2 Reis 23:13–17 ALMEIDA

 

 

eTeacher Banner Central
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *