Conflito Hamas e Israel pode se agravar ainda mais

Conflito Hamas e Israel - O Grupo Terrorista do Hamas está atraindo uma catástrofe para o povo árabe que vive na Faixa de Gaza. A organização terrorista do Hamas voltou ao seu vômito e está a uma passo de uma nova guerra com Israel, o resultado já conhecemos, milhares de mortos, a Faixa de Gaza completamente transformada em cidade fantasma e a ONU e a Europa implorando para Israel parar de atacar.

Hamas voltou aos protestos e aos balões e pipas incendiárias

Hamas pediu aos habitantes de Gaza para participar nesta sexta-feira nos protestos semanais na fronteira, apesar da trégua alcançada com Israel, o grupo terrorista viola todo tipo de acordo, isto vai levá-lo a auta-destruição. O porta-voz do Hamas, Hazem Kassem disse que os palestinos retornarão as marchas para alcançar as metas encabeçadas pelo levantamento do bloqueio a Gaza. Qassem disse que "cada vez que a máquina de matar israelense está tentando quebrar a vontade do nosso povo para continuar a luta, e cada vez que ele falhar."

Desde a manhã: 6 incêndios na vizinhança de Gaza, como resultado de balões incendiários.

Durante a manhã, os bombeiros da IDF trataram de seis incêndios que irromperam nas vizinhanças de Gaza como resultado de explosões incendiárias.

Israel se prepara para guerra

Parece que as Forças de Defesa de Israel já entenderam que uma guerra contra o Hamas é inevitável, e está se preparando para o caso do Hamas lançar mísseis sobre todo país. A bateria de defesa Domo de Ferro foi implantada no centro do país ontem, com a espectativa de ser utilizada na defesa da região de Tel Aviv.

A Força Aérea concluiu o desdobramento da bateria do Iron Dome no centro do país.

Atentado do Hamas na Fronteira com Gaza

Terroristas do Hamas lançaram uma granada contra soldados das Forças de Defesa de Israel no norte da Faixa de Gaza, felizmente não houveram vítimas por parte dos soldados de Israel.

Terroristas dispararam uma granada contra as forças da IDF que operam no norte da Faixa de Gaza para dispersar os distúrbios violento no norte da Faixa de Gaza, e atiradores de elite foram autorizados a dispararem contra instigadores centrais e terroristas que tentavam atravessar a cerca da fronteira.

Um tanque da IDF atacou uma posição do Hamas no norte da Faixa de Gaza

O Porta-voz da IDF declarou que um tanque da Forças de Defesa de Israel atacou uma posição do Hamas no norte da Faixa de Gaza em retaliação a granada que foi lançada contra os soldados de Israel.

Nas demonstrações semanais ao longo da cerca da fronteira, cerca de 9.000 manifestantes e ativistas do Hamas participam do protestos em cinco locais diferentes. Os manifestantes também jogaram coquetéis molotov e atiraram pedras contra as Forças de Defesa de Israel.

Hamas está buscando outras estratégias de agressão

Segundo as Forças de Defesa de Israel, espera-se que dezenas de barcos dos palestinos deixem a Faixa de Gaza rumo fronteira marítima com Israel.

À tarde, espera-se que uma flotilha de 30-40 barcos saia da Faixa de Gaza para a fronteira entre Gaza e Israel (perto da Praia de Zikim). A flotilha faz parte da campanha da marcha de retorno. Os risco para um incidente como este é grande e poderá levar a um grande número de mortos caso o Hamas perca o controle da situação, o Estado de Israel não vai tolerar a violação de suas águas territoriais e e nem mesmo o bloqueio marítimo imposto por Israel.

Banner Camisetas Cafetorah