Drama no Aeroporto Ben Gurion, por pouco um acidente aéreo

Ontem a noite, no aeroporto Ben Gurion, quase ocorreu um desastre aéreo, um avião da Airgate decolou na terça-feira, logo após as 19:00, antes de outro avião pousar no cruzamento da mesma rota.

A equipe da torre de controle identificou a atividade da aeronave, o que foi contra instruções, e ordenou aos pilotos da empresa britânica EasyJet que esperassem na lateral da pista até a ordem de entrada e decolagem. De acordo com funcionários da Autoridade de Aeroportos, o piloto da companhia britânica entrou na pista de pouso e começou a se mover em direção a decolagem.

Depois de algumas centenas de metros em que o avião laranja de EasyJet acelerou, eles avistaram na torre de vigia que um grave incidente que poderia ocorrer e ordenaram que ele parasse imediatamente e deixasse a pista. A aceleração do avião ocorreu quando outro avião já havia chegado para pousar e se encontrava muito pouco antes de tocar o solo.

O Bombardier, que chegou da Áustria e deveria pousar, conseguiu pousar na Rota 12 sem qualquer distúrbio, enquanto os inspetores removeram o Airbus A320 da EasyJet da pista, evitando assim um grande desastre.

É importante notar que o evento foi classificado como leve a moderado, e se o avião continuasse tão rápido em mais alguns segundos, ele poderia ter atingido o ponto de não retorno do qual teria que decolar.

Ofer Lefler, porta-voz da Autoridade de Aeroportos de Israel, disse ao IsraelHayom: "Uma diretriz da torre de controle para parar o avião imediatamente impediu um evento grave de segurança, e o controlador de vôo que percebeu o incidente conseguiu impedir o evento devido ao profissionalismo e agilidade".

Neste ano já ocorreram alguns incidentes perigosos no Aeroporto Ben Gurion, felizmente sem nenhuma fatalidade, isto pode estar ocorrendo devido a grande quantidade de vôos para e de Israel. Em Março deste ano, em uma manobra no aeroporto, um avião danificou outro ao encostarem um no outro, neste caso também não houveram vítimas, mais detalhes sobre o acidente anterior, pode ser lido aqui: