Entenda o que a Bíblia diz sobre mulheres liderando igrejas

Top Banner eTeacher

Entenda o que a Bíblia diz sobre mulheres liderando igrejas - Em primeiro lugar gostaria de agradecer mais uma vez o grupo de bate-papo do Cafetorah onde este assunto surgiu. Um obrigado especial a Ney Ferreira que levantou o assunto que normalmente é tratado como polêmico. Agradecimento especial a Adonai que não me deu um espírito de covardia, mas de temor e amor por sua Palavra me capacitando a ser um canal em suas mãos. Agora vamos ao que realmente toca no assunto.

Nos últimos anos é crescente o número de mulheres liderando igrejas, sejam pastoras, bispas, acerbispas e a lista é quase infinita. Mas o que realmente as Escrituras Sagradas nos dizem sobre isso? Bem eu sei que posso receber muito fogo cruzado e ser taxado de machista, homofóbico, qualquer coisa, mas vou direto ao ponto. Tudo não é uma questão cultural, não é uma questão de amor ou tolerância como muitos pensam, outros acham que é uma questão de talento ou capacidade. Pois bem, estas coisas não tem nada haver com a raiz da questão, isto é uma questão de autoridade.

Bem, não vou entrar muito em detalhes sobre a questão de Mulher pastoreando ou não, mas vou me deter na questão que realmente é importante, a questão da autoridade.

Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo.
1 Coríntios 11:3

Note bem, se a Autoridade do Homem é Jesus(Yeshua), então a da Mulher é o Homem, então não pode haver nenhuma mulher que pastoreie sem uma autoridade masculina sobre ela, caso contrário estaria negando a autoridade das Escrituras Sagradas.

Este é o real problema. Se abrirmos uma excessão como esta, então abrimos excessões como a questão de um membro do corpo de Cristo ser homossexual, negando a autoridade das Escrituras Sagradas. Da mesma forma, baseado no princípio da excessão, abriremos as portas para assassinos crentes e membros de igrejas, sem terem sido restaurados e se arrependido, pedófilos crentes que vivem praticando este pecado, pastores homossexuais vivendo como tal e até mesmo drogados em púlpitos, pois se apenas nos baseamos na graça e no amor, negando a autoridade das Escrituras Sagradas, que é a Autoridade de Yeshua Hamashiach, logo a noiva não é mais nova, é uma prostituta que vive nas impurezas e na prostituição deste Mundo. O Mundo inteiro junto com estes "crentes" que não vivem debaixo da autoridade de Yeshua, caminham para o Inferno.

Ou aceitamos a Autoridade das Escrituras, negando os desejos carnais, a vida politicamente correta, os valores deste Mundo, e rejeitamos os desejos pessoais de ijndivíduos por melhores e prestativas que sejam. Talvez sejam líderes natas, excelentes administradoras, oradoras, mestres na palavra e na apresentação. Mas se não houver nenhuma autoridade sobre ela, conforme está descrito no texto acima, o que ela está fazendo é, não segundo eu, segundo a palavra, anátema.

Isto não quer dizer que não podem haver pastoras, mas que elas devem estar debaixo de uma liderança masculina, e eu começaria apontando pela própria casa, o seio do lar, na célula familiar. Pois se ela não é submissa em amor ao seu marido, não será a nenhuma também para outra liderança. Isto não quer dizer que não possa pregar, não possa ser missionária, bispa, etc, etc...

Sei que o que estou escrevendo aqui pode não parecer politicamente correto, mas é o que está escrito na Bíblia, e quem me conhece, espero que haja alguém aqui que realmente me conhece, sabe que posso abrir mão de muitas coisas, mas não abrirei mão da verdade das Escrituras Sagradas, a Bíblia. Mesmo que hajam aqui, líderes do sexo feminino, pastoras, bispas, creio que ainda há tempo de reverter a situação, e isto é extremamente necessário para que o ministério seja repleto de benção e não venham a se arrepender amargamente na eternidade.

Ser "submissa" em amor e no Senhor não é uma questão de estar abaixo do Homem, é uma questão de não estar acima dele, ser uma ajudadora e não ser uma senhora do Homem. Quando Eva tomou a decisão de comer do fruto do conhecimento do bem e do mal, sem consultar Adão, ela em primeiro lugar quebrou o conceito que Paulo descreveu aqui:

Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo.
1 Coríntios 11:3

Ela se colocou como cabeça do Homem, e o resultado foi imediato, um espírito de rebelião que entrou não somente nela como também no homem. Este espírito de rebelião é que se volta contra a ordem natural das coisas levando homens ao homossexualismo, mulheres ao lesbianismo, filhos contra pais, pais contra filhos, liderados contra líderes e todos contra o Altíssimo.

Quanto Yeshua se manifestou como homem, ele começou restaurando a aliança da humanidade com o Eterno. Ele vem restaurando tudo, a posição do Homem como líder, a posição da mulher como ajudadora e a posição de Satanás debaixo de seu calcanhar.

Agora é muito importante, não sou contra mulheres pregando, não sou contra mulheres liderando, ao contrário, sou a favor, mas creio que isto só pode ser saudável quando é feito debaixo de uma liderança masculina, pois é assim que as coisas deveriam ser desde o princípio. Cada mulher que toma sua posição de liderança sem este princípio acaba se assemelhando a Eva, trazendo sobre si aquilo que não lhe pertence, ela se submete ao espírito de rebelião e age contra a Palavra de Adonai se favorecendo, exatamente como Eva. O que ela não sabe é que o aparente favorecimento é um laço que a levará por fim a perdição.

Sei que posso estar atraindo muito chumbo grosso contra mim, mas quero que fique bem claro que não tenho a intensão de combater ou discutir o assunto com ninguém. Neste caso somente exponho minha opinião e creio que ela é o melhor caminho para tornar a igreja brasileira realmente saudável e verdadeiramente a noiva imaculada do Senhor em todos os sentidos.

No Meshiach, desde Sião, Miguel.

eTeacher Banner Central
22 respostas
  1. Rute
    Rute says:

    Concordo com você sou mulher e não aceito tal coisa isso é uma profanações dos últimos dias é babilônia a mulher tem que se por no lugar dela como diz as escrituras sendo boa dona de casa cuidando dos filhos do esposo não dando o que falar ao adversário assim ela se salva , não convém a mulher ensinar na igreja e profanação

    Responder
  2. Milton P. Nascimento
    Milton P. Nascimento says:

    Corintos 14 34 As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.

    Responder
  3. Johnny
    Johnny says:

    Quanto ao que Paulo disse sobre mulher estar calada na congregação porque é vergonhoso pra mulher falar na congregação, se deseja aprender algo pergunte em casa pro seu marido?

    Responder
  4. severino dos Ramos Medeiros
    severino dos Ramos Medeiros says:

    Meu amado irmão, isto não é a sua opinião, isto é a verdade. Nós vamos além, a consagração de mulheres a pastoras, “bispas” e qualquer outro cargo de liderança, faz parte da apostasia que está invadindo a igreja nos últimos tempo. Eu já vi mulher pregar mensagem de impactar a congregação, mensagem com capacidade de edificar a igreja, Jesus e os apóstolos tivera mulheres cooperando maravilhosamente nos seus ministérios. Existem muitas mulheres muito mais abnegadas na obra do SENHOR do que muitos homens, porém, a mulher foi dada pelo SENHOR DEUS como ajudadora do homem conforme os textos citados.

    Responder
  5. severino dos Ramos Medeiros
    severino dos Ramos Medeiros says:

    Meu amado irmão, isto não é a sua opinião, isto é a verdade. Nós vamos além, a consagração de mulheres a pastoras, “bispas” ou qualquer outro cargo de liderança, faz parte da apostasia que está invadindo a igreja nos últimos tempo. Eu já vi mulher pregar mensagem de impactar a congregação, mensagem com capacidade de edificar a igreja. Jesus e os apóstolos tiveram mulheres cooperando maravilhosamente nos seus ministérios. Existem muitas mulheres muito mais abnegadas na obra do SENHOR do que muitos homens, porém, a mulher foi dada pelo SENHOR DEUS como ajudadora do homem conforme os textos citados.

    Responder
  6. Rejane
    Rejane says:

    Concordo com sua avaliação, uma vez que está fundada na palavra de Adonai. Não podemos adaptar ou relativizar a palavra do Eterno aos nossos desejos ou ao padrão do mundo. Eu acatamos toda palavra ou saímos fora.

    Responder
  7. Suely Prando
    Suely Prando says:

    Estudo teologia e o que eu sei que aprendi desde pequena e agora nos estudos que não pode existir mulher bispa …essa explicação do Miguel é justa e correta

    Responder
  8. Silvania Lemos
    Silvania Lemos says:

    Qdo uma mulher assume liderança de igreja ela está dizendo que ali não tem homem q o faça, ou que ela é superior aos homens da congregação. Ou que ela é “mais homem” que os homens da congregação. Uma lástima!

    Responder
  9. Celia Alves de Oliveira
    Celia Alves de Oliveira says:

    Aquele que fala, fale segundo a palavra de DEUS, amadoo irnão CONCORDO 100% com vc , pois o SENHOR, vela pela sua palavra para a cumprir. Creio no que diz toda a Escritura e opto por ficar com ela. Pois ELA é podeeosa para edificar, ensinar, exortar , inspirar, abençoar, redarguir e instruir em toda a justiça. Por tudo isto Prefiro ficar com a PALAVRA DE DEUS. E jamais me submeter ao ministerio de engano. Que Yeshuah o abençoe, obrigado por compartilhar conosco. Shalom shalom,

    Responder
  10. LCD - movimento Igreja Viva
    LCD - movimento Igreja Viva says:

    Gostaria de expressar minha opinião sobre o assunto. Não quero comprar traduzir ninguém é nem o que a bíblia diz, mas vamos pensar.
    A autoridade entre Cristo o homem e a mulher como citado é uma verdade. Mas um dos textos que fala, sobre autoridade, e sobre a mulher exercer liderança é…

    “1 Timóteo 2: 11. A mulher deve aprender em silêncio, com toda a reverência. 12. E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade sobre o homem. Esteja, portanto, em silêncio. – Bíblia KJA”

    Vejam bem, o modelo atual de sistema religioso, o pastor, por exemplo, é o cara que ensina, prega, evangeliza, administra, profetiza etc, principalmente nas igrejas mais tradicionais.
    Eles simplesmente ignoram os 5 ministérios de efésios 4 :11.
    Que Deus deu dons variados aos seres humanos, isso mesmo, dons e não títulos. Apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres. Dons.
    Esse conceito é hoje muito mau interpretado.
    Esse sistema atual não permite mulheres pastoras, por causa da autoridade mencionada.
    Mas pelo ponto de vista do ministério quíntuplo, peço que vocês revejam o texto, lá diz, é proibido a mulher “ensinar”. Ora a função de ensinar não é ou era dos pastores, mas sim dos mestres.
    Pastores, aliás quem realmente tinha na época, ou até mesmo hoje, esse dom, tem a capacidade em Deus de cuidar das ovelhas, mesmo em sua simplicidade. Vc não precisa ser um excelente teólogo, preletor etc, vc precisa como pastor dotado por Deus, de que cuidar das ovelha.
    Quantos pastores vc conhece que realmente cuida de vc quando vc precisa? Quantos abrem mão dos seus compromissos eclesiásticos, reuniões, etc, pra ir na sua casa orar com vc, te aconselhar?
    Quantas esposas de pastores vc conhece que realmente são as pastoras das ovelhas, enquanto seus maridos estão nos gabinetes, escritórios?
    Pois bem a bíblia não proíbe a mulher de ser uma pastora. Ela não permite ensinar e ter autoridade sobre o marido. Mas ela não proíbe a mulher de cuidar de pessoas, inclusive e principalmente do próprio marido e filhos.
    Pastores são como “cuidadores”, mestres ensinam, evangelistas fazem a sua parte também.
    Lembre-se naquela época não tínhamos o sistema religioso que temos hoje, tudo era muito simples, caseiro. Hoje por causa desse sistema, mulheres com o chamado, ou melhor, com o dom de pastoras, se colocam a frente das congregações, liderando, mandando e demandando, mas mandar e desmandar não é o ofício de um pastor. Cuidar de pessoas sim.
    Existem muitos pastores que não tem o título, o diploma, não estão nos puptos, mas estão exercendo seu chamado mesmo assim, muita das vezes pastoreando seus amigos ou familiares.
    Pode ser que elas não foram chamadas para estar na frente da igreja em autoridade, mas com certeza elas foram chamadas pra cuidar, muita das vezes até da autoridade masculina sobre elas.

    Responder
    • Celi Starteri
      Celi Starteri says:

      Muito bem avaliado LCD! Porém o ministério de pastora, que é exercido na prática , por falta dessa clareza, é um ministério de autoridade e ensino, de púlpito, sendo, desta forma, anti bíblico.

      Responder
  11. Gecirley Silva
    Gecirley Silva says:

    Sou mulher e também não concordo com a “moda” de pastoras nas igrejas. Já li vários textos argumentativos dos dois pontos de vista, mas entendo que a Palavra de Deus é bem clara quando mostra que cada criação de Deus tem seu papel na história, e ser pastora, ter autoridade espiritual/sacerdotal, não é uma atribuição feminina, o que de forma alguma diminui a capacidade ou a importância da mulher. Jesus “quebrou” muitos tabus da época, mas em nenhum momento chamou “apóstolas”, por exemplo, para o seu ministério.

    Responder
  12. Eli Cohen
    Eli Cohen says:

    O texto foi bem escrito com passagens bíblicas pré selecionadas para comprovar o ponto de vista. Tambem nao estou de acordo com a modinha de pastoras, bisbas e daqui a pouco “papas e papisas. Mas e por outro lado, na Bíblia, a mesma usada pelo autor do artigo acima, muitas mulheres tiveram papéis importantes desde Juíza a lideres das igrejas que funcionavam em suas casas. Não creio que Deus destinou a mulher apenas para dirigir fogão, procriar e cuidar da casa.
    Eu sei que serei banido deste site apos discordar desta forma.
    Eli Cohen

    Responder
    • Diretor do Cafetorah
      Diretor do Cafetorah says:

      De forma alguma será banido. O Meu ponto de vista é que mulheres podem liderar e devem liderar, mas devem estar debaixo de uma autoridade espiritual. Miriam estava debaixo da autoridade de Moisés. Raquel debaixo da autoridade de Jacó, Débora debaixo da autoridade de Baraque, Maria mãe de Jesus debaixo da autoridade de José, e a lista é grande. Deixei bem claro que lugar de mulher não é no fogão, é onde Adonai desdeja que ela esteja como ajudadora e serva. Mas o mais importante é não violar a questão da autoridade afim de que a benção seja completa, tanto na vida dela, quanto dos liderados e o Reino de Deus.

      Responder
  13. Paulo Roberto Ferreira
    Paulo Roberto Ferreira says:

    Pastor Miguel, bem eu não sei se é pastor ou rabino é a primeira vez que entro aqui, eu entendo a posição sobre a questão da autoridade e não tenho dificuldades com ela, creio que em minha igreja também não há, então não temos pastoras, presbíteras, etc. A minha dúvida é com relação a Diaconisas. O Sr. poderia nos dar alguma informação? Aliás este cargo, segundo apurei teria alguma coisa a ver com a função de “shamash” de uma sinagoga, é verdade? e o que é este cargo? Como é esta relação?

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *