Programa a Bíblia Viva – Nos Passos de Abraão – Gerar

A Gerar Bíblica é mencionada dez vezes na Bíblia e segundo o relato no livro de 2 Crônicas 14, não se tratava de apenas uma cidade mas sim de uma região, ou melhor de um reino. Sua localização é bem clara nas proximidas da região de Gaza no Sul de Israel a caminho do Egito. Pelo visto havia também uma cidade principal que era chamada de Gerar, cuja identidade definitiva ainda não foi determinada pelos historiadores e arqueólogos. Mas diaria que a melhor candidata para isso são as ruínas de uma grande cidade às márgens do Riacho de Gerar conhecida como Tel Haror, bem próximo da cidade moderna de Netivot.

A Localização de Te Haror - Gerar pode ser vista aqui:

https://goo.gl/maps/rZr7bTqqWh22

Gerar oif o limite das terras dos Cananeus

Foi o termo dos cananeus desde Sidom, em direção a Gerar, até Gaza; e daí em direção a Sodoma, Gomorra, Admá e Zeboim, até Lasa.

Genesis 10:19 ALMEIDA

Em Gerar que Abraão falou que Sarah era sua irmã

Partiu Abraão dali para a terra do Negebe, e habitou entre Cades e Sur; e peregrinou em Gerar. E havendo Abraão dito de Sara, sua mulher: é minha irmã; enviou Abimeleque, rei de Gerar, e tomou a Sara. Deus, porém, veio a Abimeleque, em sonhos, de noite, e disse-lhe: Eis que estás para morrer por causa da mulher que tomaste; porque ela tem marido. Ora, Abimeleque ainda não se havia chegado a ela: perguntou, pois: Senhor matarás porventura tambem uma nação justa? Não me disse ele mesmo: é minha irmã? e ela mesma me disse: Ele é meu irmão; na sinceridade do meu coração e na inocência das minhas mãos fiz isto. Ao que Deus lhe respondeu em sonhos: Bem sei eu que na sinceridade do teu coração fizeste isto; e também eu te tenho impedido de pecar contra mim; por isso não te permiti tocá-la; agora, pois, restitui a mulher a seu marido, porque ele é profeta, e intercederá por ti, e viverás; se, porém, não lha restituíres, sabe que certamente morrerás, tu e tudo o que é teu. Levantou-se Abimeleque de manhã cedo e, chamando a todos os seus servos, falou-lhes aos ouvidos todas estas palavras; e os homens temeram muito. Então chamou Abimeleque a Abraão e lhe perguntou: Que é que nos fizeste? e em que pequei contra ti, para trazeres sobre mim o sobre o meu reino tamanho pecado? Tu me fizeste o que não se deve fazer. Perguntou mais Abimeleque a Abraão: Com que intenção fizeste isto? Respondeu Abraão: Porque pensei: Certamente não há temor de Deus neste lugar; matar-me-ão por causa da minha mulher. Além disso ela é realmente minha irmã, filha de meu pai, ainda que não de minha mãe; e veio a ser minha mulher. Quando Deus me fez sair errante da casa de meu pai, eu lhe disse a ela: Esta é a graça que me farás: em todo lugar aonde formos, dize de mim: Ele é meu irmão. Então tomou Abimeleque ovelhas e bois, e servos e servas, e os deu a Abraão; e lhe restituiu Sara, sua mulher; e disse-lhe Abimeleque: Eis que a minha terra está diante de ti; habita onde bem te parecer. E a Sara disse: Eis que tenho dado a teu irmão mil moedas de prata; isso te seja por véu dos olhos a todos os que estão contigo; e perante todos estás reabilitada. Orou Abraão a Deus, e Deus sarou Abimeleque, e a sua mulher e as suas servas; de maneira que tiveram filhos; porque o Senhor havia fechado totalmente todas as madres da casa de Abimeleque, por causa de Sara, mulher de Abraão.

Genesis 20:1–18 ALMEIDA

Isaque também disse que Rebeca era sua irmã

Sobreveio à terra uma fome, além da primeira, que ocorreu nos dias de Abraão. Por isso foi Isaque a Abimeleque, rei dos filisteus, em Gerar. E apareceu-lhe o Senhor e disse: Não desças ao Egito; habita na terra que eu te disser; peregrina nesta terra, e serei contigo e te abençoarei; porque a ti, e aos que descenderem de ti, darei todas estas terras, e confirmarei o juramento que fiz a Abraão teu pai; e multiplicarei a tua descendência como as estrelas do céu, e lhe darei todas estas terras; e por meio dela serão benditas todas as naçoes da terra; porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os meus estatutos e as minhas leis. Assim habitou Isaque em Gerar. Então os homens do lugar perguntaram-lhe acerca de sua mulher, e ele respondeu: é minha irmã; porque temia dizer: é minha mulher; para que porventura, dizia ele, não me matassem os homens daquele lugar por amor de Rebeca; porque era ela formosa à vista. Ora, depois que ele se demorara ali muito tempo, Abimeleque, rei dos filisteus, olhou por uma janela, e viu, e eis que Isaque estava brincando com Rebeca, sua mulher. Então chamou Abimeleque a Isaque, e disse: Eis que na verdade é tua mulher; como pois disseste: E minha irmã? Respondeu-lhe Isaque: Porque eu dizia: Para que eu porventura não morra por sua causa. Replicou Abimeleque: Que é isso que nos fizeste? Facilmente se teria deitado alguém deste povo com tua mulher, e tu terias trazido culpa sobre nós. E Abimeleque ordenou a todo o povo, dizendo: Qualquer que tocar neste homem ou em sua mulher, certamente morrerá. Isaque semeou naquela terra, e no mesmo ano colheu o cêntuplo; e o Senhor o abençoou.

Genesis 26:1–12 ALMEIDA

EM Gerar o Rei Asa teve vitória sobre o exército da Etiópia

E o Senhor desbaratou os etíopes diante de Asa e diante de Judá; e os etíopes fugiram. Asa e o povo que estava com ele os perseguiram até Gerar; e caíram tantos dos etíopes que já não havia neles resistência alguma; porque foram quebrantados diante do Senhor, e diante do seu exército. Os homens de Judá levaram dali mui grande despojo. Feriram todas as cidades nos arredores de Gerar, porque veio sobre elas o terror da parte do Senhor; e saquearam todas as cidades, pois havia nelas muito despojo. Também feriram as malhadas do gado, e levaram ovelhas em abundância, e camelos, e voltaram para Jerusalém.

2 Chronicles 14:12–15 ALMEIDA

Rio Gerar

Rio ou Riacho de Gerar, Nahar Gerar (árabe: Wadi a-Shari'a) é o maior afluente de Nahal Habesor, localizado em uma área de colinas baixas, onde antigamente ficava localizada a Filistia, posteriormente parte da Tribo de Judá. Sua parte do meio está incluída na Reserva Alta de Nahal Gerar, e sua parte inferior está incluída nas reservas do rio Beauhu e do Gerar. A parte superior é inerte, assim como a parte inferior. O córrego começa perto do Kibutz Lahav, e seu fluxo continua para o oeste, até que ele se conecta novamente ao Nahal Habesor, perto do Kibutz Re'im.

Na parte média do Riacho de Gerar, entre Tel Shara e Tel Haror, existem 70 fontes, o que na realidade é uma região de fontes com uma área total de 7,5 quilômetros, cuja salinidade e quantidade variam entre as estações.

O Riacho de Gerar Stream foi o lugar onde Abraão e Isaque cavaram poços, e depoistiveram conflito com outros pastores, então foram a Be'er Sheva e ali fizeram aliança com Abimeleque, rei de Gerar. De acordo com o pesquisador Professor Yehoshua Meir Grintz, o fluxo bíblico Gerer não está aqui, mas Wadi al-Arish. Alguns dos seus afluentes no centro do Sinai são chamados de Wadi al-Gharaj, e também há treze lugares em cujo nome as letras "ger" que forar preservadas. No Talmud de Jerusalém (Shvi'it 6: 1), o texto do texto diz: "Por que decretaram uma proibição da evacuação daquela em Bagariki, porque é má e até que ponto eles são obrigados ao rio do Egito?" Isso significa que Gerar estava perto da fronteira ocidental da Terra de Israel. Deste nome também vem a variação do comando para Isaque, "(Peregrine)Gur nesta terra", está escrito sobre a obrigação de viver na Terra de Israel. Durante os períodos romano e bizantino, havia cinco grandes cidades na área entre Horbat Becker e Horbat al-Arak (em que Orada é a capital do distrito de Gerar - Salthus Gerritikos), tinha uma igreja e casas de banho. Durante os períodos persa e helenístico, muitos assentamentos existiram no Riacho de Gerar, principalmente em Tel Shara e Tel Haror, que estão localizados na margem norte do rio. No século XIX, a área foi cultivada por árabes que plantavam grãos, de acordo com Edward Hull, que visitou a área em 1883: "A área que se espalha é de natureza muito produtiva. O distrito é cultivado intensamente pelos árabes de de Terabin, O camelo é usado principalmente para arar, como um camelo é igual a dois bois, e a figura fina e alta do "navio do deserto" geralmente aparece no horizonte movendo-se lentamente na frente do arado. A quantidade de terras cultivadas aqui, bem como todo o caminho para Gaza, é enorme, são trigo, cevada e centeio, excede em muito as necessidades dos moradores. De fato, grandes quantidades de produtos agrícolas são cultivados nesta região e exportados a cada ano de Jaffa e outras cidades".

Zalman David Levontin que visitou o local em 1882 e ficou impressionado com a sua singularidade: "Em ambos os lados do córrego há fileiras de tendas, pastores, ovelhas, trigo e cevada".

Uma descrição semelhante de Menahem Sheinkin, que visitou o sul de Israel em 1912. "Os assentamentos árabes, que são uma mistura de casas, cabanas e barracas ... Uma estrada ampla e boa para um carro que passa por campos de culturas, espalhadas com cevada e trigo".

Os principais assentamentos da antiguidade são:

  • Tel Shara - uma grande colina na margem norte da corrente
  • Tel Haror - a maior ruína no norte do Negev, localizado na margem norte do rio

Durante a Segunda Idade do Bronze Médio, e mesmo na Idade do Bronze Final, os assentamentos diminuíram, deixando apenas um pequeno número de assentamentos. Os arqueólogos de hoje acreditam que é bem provavel que Tel Haror seja a cidade bíblica de Gerar, até porque guarda no nome os dois RR como em Gerar, no passado, Flinders Petrie, que primeiro escavou em Tel Gama acreditava que Tel Gama éra a Gerar bíblica. Por causa do tamanho e da maior proximidade com Beer Sheva, para onde Abraão vai após o conflito com os pastores de Abimeleque, creio que realmente Tel Haror seja o local mais preciso. Até porque, após Abraão ter cavado o poço, ele convida Abimeleque para comprar o direito pela terra onde havia cavado-o. Isto implica que Tel Gama estaria longe demais de Beer Sheva para ser a Gerar da Bíblia.

Foto acima: GoogleMaps

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *