Hamas envia criança de 7 anos para morrer, mas IDF tem misericórdia e devolve-a a familiares

Top Banner eTeacher

A IDF anunciou ontem à tarde que uma criança palestina de sete anos de idade foi vista junto a cerca de segurança na fronteira com Israel. A IDF apontou para o Hamas "uma menina de 7 anos de idade foi enviada pelas forças do Hamas contra a IDF", disse o porta-voz do IDF disse. "A organização terrorista do Hamas usa cinicamente mulheres e crianças, envia-as para a cerca e põe em perigo suas vidas ".

Hamas envia criança de 7 anos para morrer, mas IDF tem misericórdia e devolve-a a familiares

O Coordenador das Actividades do Governo nos territórios também declarou a respeito das manifestações da menina, e escreveu: "Muhammad enviou as crianças para situações perigosas e zonas de combate, soldados das FDI devolveram-na para sua família. Hamas provavelmente não conhece o hadith (tradição da Torá Oral muçulmana) famosa: "Eu me apresentei ao Profeta Muhammad para um combate quando eu tinha 14 anos e não permitiu-me (para sair ao combate) e, em seguida, eu tenho ele então quando eu tinha 15 anos e então ele disse deixe-o lutar."

No que diz respeito ao Hamas, não há problema em arriscar a morte de qualquer criança de Gaza, de forma que eles contradizem o Islã! Para o Hamas não há nenhuma vergonha em usar crianças para lutar - e cada coração muçulmano e mente, sabe que o hadith se recusa a aceitar isso."

Com o início dos distúrbios, a liderança do Hamas ficou entre os vários centros, juntos manifestantes como o chefe Ismail Haniyeh a leste da Cidade de Gaza, o líder do Hamas Yehia Sinwar no sul de Gaza, e Fathi Hammad no norte da Faixa de Gaza. Eles andaram em volta da multidão, encorajando e apertando as mãos das pessoas, usando-os como escudo humano. "Eu não desisti e não vou negociar frente a entidade sionista em uma só polegada da terra da Palestina", disse ele ontem Haniyeh em um discurso,. Ele acrescentou: "Recomendo ao povo palestino que hoje, no chão, escreva para o futuro, que ameaças de Israel não nos assustam."

Hamas é uma organização criminosa e terrorista, levando pessoas a se por em perigo em vão, se ocorrer uma chacina na fronteira com Gaza, será responsabilidade do Hamas e da Autoridade Palestina que não só não fizeram nada para evitar isso, mas colocaram combustível no ódio desacerbado palestino. Infelizmente, as nações do Mundo na ONU ignoram todos os alertas e avisos do Estado de Israel e das Forças de Defesa de Israel, incentivando investigações contra o país, mas se esquecem de que se este grupo terrorista não incentivasse a população a atos irresponsáveis como este, nenhum habitante de GAZA teria morrido ontem. Creio que a única forma de acabar com esta vergonha muçulmana será um dia as Forças de Defesa de Israel entrarem definitivamente em Gaza e caçar esta máfia chamada Hamas

eTeacher Banner Central
2 respostas
  1. Ênio
    Ênio says:

    Fico indignado não com o hamas mas com o pessoal dos direitos humanos, anistia internacional e ONU, pois estes órgãos nunca enxergam isso de palestinos usarem civis, principalmente mulheres e crianças, para se imolarem contra Israel. Para esses órgãos, é só Israel que tem de ser criticado por se defender. Esse mundo é muito desgraçado

    Responder
  2. Eduardo
    Eduardo says:

    O Hamas não tem consideração com o seu próprio povo, isto já esta evidente há muito tempo. Não trazem prosperidade em nada, somente o terrorismo que eles fomentam.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *