Israel sairá oficialmente da UNESCO junto com os Estados Unidos

,

Mais uma vez o Governo do Estado de Israel está se alinhando junto ao governo dos Estados Unidos em sua decisão de deixar oficialmente a organização da UNESCO após uma onda de decisões contrarias ao país e em favor aos palestinos.

A UNESCO pelo visto deve estar muito satisfeita com o financiamento árabe da organização que deveria presar pelas verdades culturais e históricas ao invés do dólar oriundo do petróleo das nações do golfo pérsico como o Qatar, a Arábia Saudita e os Emirados Árabes. Sem o suporte financeiro de tais nações, os palestinos jamais conseguiriam que a UNESCO aprovasse decisões que violam claramente o direito histórico dos judeus em relação a Jerusalém e Hebron.

As últimas decisões da UNESCO foram completamente contrárias as verdades históricas de Israel em relação a cidade antiga de Hebron, conhecida como Tel Rumeida e o Túmulo dos Patriarcas. Além disso, a UNESCO aprovou uma decisão absurda dizendo que os judeus não tem nenhuma relação histórica com o Monte do Templo em Jerusalém, o que é um absurdo histórico, visto que este lugar não seria nada sem o relato bíblico conhecido por todas as nações ocidentais.

A decisão de que Israel sairá oficialmente da UNESCO junto com os Estados Unidos foi anunciada hoje pelo Primeiro Ministro do Estado de Israel, Benjamin Netanyahu, após o final da Festa dos Tabernáculos em Jerusalém. O anuncio foi feito após ter sido confirmada uma notícia anterior de que o Governo dos Estados Unidos tomou a decisão de retirada da UNESCO para as próximas semanas. Sendo assim, a UNESCO se tornará uma organização completamente sem respaldo histórico ocidental representando apenas os países de terceiro mundo e países árabes.

Minha esperança é que o Brasil e outros países ocidentais venham como o México, o Canadá, a Inglaterra e muitos outros venham a seguir os passos dos EUA, fazendo com que esta organização criminosa chamada UNESCO venha a ser completamente desfeita e invalidade internacionalmente.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *