Israel se prepara para as eleições

Avigdor Lieberman, Lider do Partido Israel Beiteinu
Segundo os diversos meios de comunicação em Israel, o país se encontra no princípio de um processo que poderá levar-lo a antecipação das eleições para o parlamento e consequentemente a mudança de governo.

Benjamin Netanyahu que se encontra no auge da popularidade em seu governo, pode ter o interesse de antecipar as eleições afim de garantir uma segunda cadência com facilidade. Se o processo eleitoral seguisse de forma normal, as próximas eleições deveriam ocorrer somente em Novembro de 2013, porém, em Israel, ainda não houve nenhum Primeiro Ministro que teria completado sua cadência, isto se deve ao parlamentarismo cujo sistema leva a país a uma constante revisão e prova das coalizões de governo.

Avigdor Lieberman

Um dos principais líderes de partidos secundários em Israel é Avigdor Lieberman, líder do Israel Beiteinu. Avigdor que nasceu na antiga União Soviética, imigrou para o país em 1978, entrando para o Kinesset em 1999. Lieberman é um dos mais influentes políticos de Israel, e seu partido conta com o terceiro maior número de cadeiras no parlamento de Israel exercendo grande força no movimento político atual.

Tanto o Likud quanto o Israel Beiteinu são partidos de centro-direita cuja agenda política está mais associada as questões de segurança do país e são menos flexíveis quanto a negociações de paz com os palestinos e os países árabes que o cercam.

Shelly YachimovichShelly Yachimovich, Lider do Partido dos Trabalhadores

Shelly Yachimovich é a lider do Partido dos Trabalhadores, ela foi recentemente eleita após a saída do partido do ex-Primeiro Ministro de Israel, Ehud Barak que deixou a liderança do partido após uma série de grandes críticas feitas a sua política de apoio ao governo de Benjamin Netanyahu.

Shelly Yachimovich chegou ao poder após abandonar uma loga e premiada carreira na área de jornalismo. Com suas tendências de esquerda social democrática, ela recebeu grande apoio da juventude que no verão passado havia realizado grandes protestos contra o governo devido a política capitalista seletiva do governo de Benjamin Netayahu.

Shelly Yachimovich é considerada uma grande promessa política para o país, porém, o seu partido, o Partido dos Trabalhadores(Mifleget Haavoda) se econtra no índice mais baixo em representação parlamentar de sua longa história. Durante décadas ela era o maior partido de Israel dominando do país desde a época de David Ben Gurion.

O outro problema com Shelly Yachimovich é o fato de ter muita experiência no jornalismo, mas quase nenhuma em política e nenhuma em governo.

Mudança de Direção na Política de Israel

Um dos motivos pelos quais o país se encontra em turbulência se deve ao grande número de protestos sociais que ocorreram no último verão, levando aos Partidos dos Trabalhadores, o Kadima e atpe mesmo o partido de Israel Beiteinu a reivindicar uma série de mudanças na divisão da renda e dos direitos no país.

Avigdor Lieberman estão exigindo que o país se torne mais secular e menos maternal no que se trata em relação aos judeus ortodoxos. Nos dias de hoje, somente uma pequena minoria ortodoxa serve ao exército ou país durante os anos entre 18 a 21 anos, enquanto a maioria absoluta é ocupada e servida por judeus seculares. Famílias dos judeus ortodoxos pagam menos impostos devido ao grande número de filhos e contam com privilégios como a venda de moradias para \\\"populações carentes\\\", enquanto isso, do outro lado, pessoas que servem o pais durante este tempo têm menos direitos, e continuam servindo ao país através do serviço da reserva militar.

Obrigatoriedade para todos no serviço militar ou no serviço nacional

Uma das bandeiras de Avigdor Lieberman e seu partido é a aprovação de uma lei que imponha a obrigatoriedade para todos no serviço militar ou no serviço nacional. Aqueles que por questões religiosas não quiserem pegar nas armas para defender o país, fato que já ocorre obrigatoriamente com todo jovem secular que completa 18 anos, terá que optar pelo serviço nacional, dedicando pelo menos dois anos de sua vida trabalhando para o governo, hospitais, polícia, serviços de emergência e etc de forma voluntária.

Tanto no serviço militar quanto no serviço nacional os jovens ganham apenas uma ajuda de custo, porém, afim de incentivar, os jovens que completam o serviço militar recebem do país um bônus que o ajuda a dar continuidade nos estudos e no pagamento da faculdade. Muitos dos jovens, preferem usar estes recursos para sua primeira viagem no exterior após o exército, e por este motivo é tão comum ver jovens israelenses espalhados viajando pelo mundo a fora.

A carga dos impostos e os diretos de compra de casa própria

Outro ramo bastante discutido na política interna é a questão da divisão da carga tributária. Segundo os economistas, um dos motivos pelo qual a carga tributária é tão alta é o fato de que um grande número da força de trabalho do país simplesmente não trabalha, muitos são judeus ortodoxos e árabes muçulmanos que muitas vezes preferem não trabalhar, ficando encostados a ajuda mínima de sobrevivência do que se esforçar, desta forma, fica sobre a população trabalhadora um grande julgo tributário.

Os partidos de esquerda e o de Avigdor Lieberman estão lutando para tentar mudar esta situação, criando uma série de regulamentações que incentivem e forcem as pessoas a entrarem no mercado de trabalho. Segundo a mídia local, o Partido dos Trabalhadores deverá solicitar desfazer o parlamento afim de levar o país a novas eleições, se assim for, as eleições deverão ocorrer um ano antes do previsto, em Novembro de 2012.

Banner Camisetas Cafetorah
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *