Jovem mulher de 22 anos que sobreviveu ao atentado conta como foi

Top Banner eTeacher
Curso Herança Judaica do Novo Testamento

Derrepente vi alguem saindo de uma loja(o terrorista), e senti que ele estava bem atrás de mim, nas minhas costa, meu marido começou a lutar contra ele, deu um soco nele. Em volta havia um grupo de jovens árabes que não falavam nada, somente olhavam e riam do que estava acontecendo.

O terrorista se voltou para mim e me atacou, então meu marido atacou ele, ele então se voltou contra meu marido e o esfaqueou.

Eu pedi ajuda para eles que fizessem alguma coisa e eles ficaram rindo somente, o terrorista pegou meu marido, deitou-o sobre umas roupas de uma loja de roupas e começou a esfaqueá-lo.

E tentei tomar a faca da mão dele e não consegui, lutei contra elee então corri até onde estavam os seguranças mais abaixo, gritei para eles, eu estou ferida e ali estão o meu marido e meus dois bebês, eu marido está todo esfaqueado e eu não sei como estão meus bebês.

Enquanto eu corria, levei tapas, ouvi palavrões, maldições e os árabes cospiram em mim, enquanto a faca do terrorista ainda estava crava em meu pescoço eles aidan me bateram e e cuspiram.

O testemunho acima foi publicado no site de notícias de Israel, Ynet News por Adele Bennet ainda no hospital, ela está se recuperando dos ferimentos graves mais conseguiu contar aos investigadores com detalhes como foi o atentado ontem.

A outra vítima do atentado foi o Rabino Lavi que ao ouvir as vozes do atentado correu para tentar salva o marido de Adele mas também foi esfaqueado pelo terrorista palestino.

Seja abençoada a memória de Aharon Bennet e Nehemiah Lavi.

Banner Camisetas Cafetorah
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *