Menino de 10 Anos Descobriu Tesouro de 3000 Anos

, , ,
Curso Herança Judaica do Novo Testamento

Um Menino de 10 Anos e a descoberta arqueológica de um Tesouro de 3000 Anos

Mais uma descoberta arqueológica incrível em Jerusalém. Um menino de apenas 10 anos, turista russo Matvei Tcepliaev achou um raro selo em forma de sino com 3 mil anos de idade, segundo os arqueólogos pode ser da época de Davi mas é mais provável da época dos Jebuseus(antes de Davi), a notícia correu o Mundo inteiro. Este é um verdadeiro tesouro de 3000 anos.

Este pequeno sêlo que está sendo investigado para afirmar sua verdadeira idade, foi descoberto em um projeto que analisa toneladas de detritos retirado pelos muçulmanos do Monte do Templo em 1999 de forma ilegal.

O selo deve ter pertencido a uma pessoa importante, pois selos como estes eram usados para validar documentos, promissoras e cartas. Ele se caracteriza por uma abertura na parte superior e pelo seu formato de sino, portanto, não era como de costume um anel, mas era usado pendurado, provavelmente no pescoço ou no punho de seu dono.

O menino de apenas 10 anos, Matvei, declarou que este foi um momento muito importante em sua vida. Ele estava visitando Jerusalém com sua família quando chegaram ao local onde é feita a pesquisa de artefatos arqueológicos no meio dos escombros do templo. Logo que começou a separar a terra, encontrou um pequeno objeto de formato cônico. Feito de pedra de Jerusalém com apenas um centímetro e meio de altura. Na sua base redonda de um centímetro e quatro milímetros com figuras de dois animais entalhados neste lado.

O diretor do projeto de seleção dos destroços, o arqueólogo Hillel declarou a mídia que já trabalha no local há dez anos tentam encontrar algum artefato do Primeiro Templo. “Para mim foi como se tivesse encontrado um tesouro”.

Dr. Gabriel Barkay, um dos responsáveis pela escavação, vários sinetes parecidos foram encontrados em Israel. Contudo, este é o primeiro descoberto em Jerusalém. Todos os sinetes datam do século 11 e 10 AC, ele acrescentou e disse que pode ser da época dos jebuseus e da conquista da Cidade pelo rei Davi ou da mesma época da construção do Templo por Salomão.

Barkay ainda afirma que o aterro e os escombros retirado do Monte do Templo é o maior crime arqueológico da história de Israel, e ele foi praticado pelos muçulmanos para ampliar as mesquitas na esplanada do Templo. O Monte do Templo está no centro da disputa entre Israel e os Palestinos.

O Monte do Templo é o mais delicado e mais importante sítio arqueológico no país, e jamais foi escavado por causa da política, o local é um mistério; um subsolo desconhecido.

Há ainda muito que penerar e selecionar nos escombros do Monte do Templo, dos 400 caminhões de detritos, somente a metade já foi penerada e qualquer turista ou visitante pode ajudar no processo que ocorre no Vale de Tzurim, na parte alta do Vale de Cedrom, junto ao Monte Scopus em Jerusalém, quem sabe você poderá ser o próximo a descobrir um tesouro como este?

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *