Mídia Israelense e Internacional se Aproveitam de Protestos em Israel

Por falta das muitas cenas de violência fornecidas pelos conflitos entre judeus e palestinos, a mídia isralense e internacional moveu o foco da tragédia no Nepal para as cenas violentas nas ruas de Tel Aviv.

Sem dúvida alguma, os judeus etíopes de Israel têm razão de reclamarem do preconceito e da violência da polícia, que muitas vezes, sem nenhuma investigação séria os trata como verdadeiros criminosos.

Mas é importante salientar que a vida que os etíopes judeus vivem em Israel é centenas de vezes melhor do que a que tinham na Etiópia onde estavam sendo considerados como páreas da sociedade, perseguidos por cristãos e muçulmanos.

Outro dado importante para se salientar é que nenhuma família de judeus etíopes passa fome em Israel, todos eles têm acesso a educação, saúde e alimentação, mas isso não quer dizer que não sofrem com o preconceito, afinal Israel é o país da tolerância e da intolerância ao mesmo tempo.

Os jovens etíopes estão prometendo mais um grande protesto, agora a nível nacional e não violento, mas parece que não podem realmente entender que o que abriram pode ser uma caixa de pandora, pois alguns deles acreditam que somente com protestos violentos conquistarão alguma coisa.

Mas sem dúvida alguma me parece que quando a audiência cai, empresas de telecominicações se aproveitam de qualquer cena de violência para fazer lavagem cerebral nos espectadores, somente desta forma conseguem se salvar do esquecimento neste tempo em que a mídia digital está imperando no lugar das TVs e estações de rádios.

Banner Camisetas Cafetorah
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *