Mossad, a realidade supera a ficção

Top Banner eTeacher

Mossad - Desde os dias mais remotos da história da humanidade, em Israel sempre aconteceu coisas que nem mesmo a ficção é capaz de imitar ou desvendar. Desde os relatos da criação do Mundo, o Jardim do Éden, o encontro de pessoas com anjos, o cativeiro do Povo de Israel e a saída sobrenatural do Egito, parece que mesmo na história moderna, a ficção tenta imitar, mas a realidade vai muito além dela.

David Sanger e Ronen Bergman estarão publicando pela primeira vez no The New York Times novos detalhes sobre a ousada operação do Mossad, durante a qual os documentos secretos do programa nuclear iraniano foram transferidos para Israel. Este com certeza será mais um roteiro incrível para um filme em Hollywood, se não tivesse acontecido de fato, eu acharia difícil os roteiristas pensarem em detalhes como estes:

Os agentes do Mossad andando pelo armazém em uma área comercial cinzenta de Teerã sabiam exatamente quanto tempo precisavam para neutralizar os alarmes, romper duas portas de aço, e o mais incrível, fundirem e abrirem dezenas de cofres com os materiais mais bem guardados do Irã. Depois de tanto trabalho, eles deixaram a cidade com meia tonelada de materiais secretos, tudo isso em apenas seis horas e 29 minutos.

O turno da manhã de guardas iranianos chegaram por volta das 7:00 da manhã e descobriram o rastreamento de agentes israelenses, e comando ordenou aos agentes para chegarem antes das 5:00 horas da manhã, então, eles tenham tempo suficiente para escapar. Assim que os iranianos chegaram, ficou imediatamente claro que alguém invadira o arquivo nuclear secreto do país, que documentara anos de trabalho em armas atômicas, modelos de combate e planos de produção.

O mais incrível é como os israelenses, milhares de quilômetros de seu país, passaram desapercebidos pela fronteira, despistaram os iranianos, monitoraram o depósito durante meses, realizaram a operação cronometricamente e ainda conseguiram contrabandear meia tonelada de documentos.

Infelizmente o artigo completo no The New York Times, mas aguardamos ansiosamente pelos fatos, que obviamente, alguns deverão estar censurados, mas que é um sinal vermelho para qualquer inimigo do Povo de Israel, ninguém está longe do braço longo do Mossad.

eTeacher Banner Central