Muçulmanos continuam ameaçando Israel

Muçulmanos ameaçando Israel – O governo saudita emitiu pela primeira vez uma nota oficial em relação a situação no Monte do Templo. Em um comunicado afirmando que condena e expressa preocupação com o fechamento da Mesquita Al-Aqsa para rezas aos muçulmanos: “Esta é uma flagrante infracção soa sentimentos de muçulmanos em todo o mundo para a sua liberdade em rezar.” Ele também disse que é um desenvolvimento perigoso que poderia provocar mais complicações em relação a situação nos territórios palestinos.

Além disso, a Arábia Saudita exigiu a comunidade internacional a assumir a sua responsabilidade e parar as ações que o Estado de Isral está tomando.

O Grupo terrorista Hezbollah emitiu uma declaração condenando as medidas de segurança que Israel desde o fim de semana após o ataque no Monte do Templo. A organização condenou a “supressão” de Israel da “Mesquita de Al-Aqsa e seus habitantes.” O grupo ainda felicitou o ataque: “O que o Al-Jabarin é um ato de grandeza e é uma fonte de inspiração, o espírito orgulhoso que se recusa a humilhação e ocupação (do Estado de Israel) que deve aprender que todos os homens devem ser livres nesta nossa nação.”

O que podemos esperar de duas entidades terroristas como o Hezbollah e o Governo da Arábia Saudita a não ser louvo ao terrorismo, extermínio de israelenses e uma baba de ódio que escorre de cada uma de suas palavras, suas maldições não prevalecerão, pois Adonai é quem peleja através de seu povo, ISRAEL.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *