Netanyahu cancelou reuniões de coalisão, decisão sobre eleições será a noite em Israel

Eleições em Israel - Mais uma vez a política em Israel está entrando no melo drama, as reuniões com os partidos de coalisão foram canceladas durante esta manhã e deverão acontecer no final do dia.

Benjamin Netanyahu também cancelou a reunião que estava marcada com o Ministro das Finanças do Estado de Israel, Sr. Moshe Kahlon, que já havia dito que é contra um governo de coalisão estreita.

Benjamin Netanyahu agora se encontra em uma grande dilema, de um lado ele recebeu um ultimato de seu Ministro da Educação que exigiu o Ministério da Defesa e de outro lado, Moshe Kahlon que exige uma coalisão mais ampla.

Netanyahu tem duas opções, a primeira é tentar ampliar a coalisão imediatamente, pois na quarta-feira a oposição vai enviar ao parlamento uma proposta para dissolver o Knesset atual, obrigando-o a convocar novas eleições.

A primeira opção de Benjamin Netanyahu é tentar adicionar outros partidos a sua coalisão, e não restam partidos se não os ultra-ortodoxos, Agudat Israel, e Degel Hatorah, ambos com 3 parlamentares, ou seja acrescentando mais 6 parlamentares a sua colisão.

Benjamin Netanyahu ficou queimado com os partidos de centro e centro esquerda, portanto, a possibilidade de formar uma coalisão maior parece estar mais longe do que nunca.

Além disso, estes dois partidos de extrema direita com certeza pedirão um preço muito alto agora para sustentarem o governo de Netanyahu, mas como em Israel, até a última hora, nunca se sabe realmente para onde o vento está soprando. Tudo indica que hoje a noite o quadro estará bem mais claro, por enquanto a direção sopra rumo as eleições.