Newton Gingrich: É inevitável, Jerusalém é a Capital de Israel

Top Banner eTeacher

Jerusalém é a Capital de Israel - Um dos políticos mais influentes dos Estados Unidos, Newton Leroy Gingrich que atuou como o 50º presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos de 1995 a 1999 e criador da Lei de Jerusalém como Capital de Israel declarou aos meios de comunicação: "É inevitável. Haverá uma embaixada americana em Jerusalém. Eu sempre acreditei que Israel tem o direito de determinar por si próprio qual é a sua capital e em meu conhecimento, é o único país que não o permitimos. Não importa quando reconheçamos Jerusalém como a capital de Israel, sempre haverá ódio no mundo árabe.

Nas eleições de 1994, Gingrich e o Partido Republicano varreram ambas as Casas do Congresso pela tempestade, causando a queda do Partido Democrata e do Presidente Clinton. Gingrich, que se tornou presidente da Câmara dos Deputados e líder incontestável do fluxo ideológico do partido, decidiu mudar os Estados Unidos desde a sua base.

A revolução republicana deu um novo impulso às tendências pró-Israel no Congresso, e uma das primeiras leis que Gingrich formulou foi a "A lei de Transferência da Embaixada para Jerusalém", que passou com grande maioria e apoio passivo de Bill Clinton em 1995. Hoje, pode-se dizer que ele era o pai da lei.

"A lei não passaria sem o meu apoio", diz Gringerich, "Jerusalém é a capital de Israel, independentemente do processo de paz, e o reconhecimento disso é inevitável e, portanto, temos que decidir se estamos determinados a fazê-lo porque acreditamos nisso."

Newton Leroy Gingrich está de parabéns, as próximas gerações de sua família gozaram de grande benção por causa de seus atos. Adonai tem levantado nos Estados Unidos, homens que estão dispostos a cumprir a sua vontade e nada poderá impedir esta bola de neve do templo profético em que vivemos. Hoje, 6 de Dezembro de 2017 o Presidente dos Estados Unidos deverá se pronunciar. No pronunciamento ele deverá reconhecer Jerusalém como  e adiar a mudança da embaixada americana para a Cidade Santa afim de que os devidos preparos sejam feitos nos próximos meses, quando finalmente ela será definitivamente transferida.

Fonte: Slate Magazine

Foto: CC0 Creative Commons, PixaBay

eTeacher Banner Central
2 respostas
  1. Salvador
    Salvador says:

    Jerusalém é de Israel é impossível contorna-lá, a donay a entregou aos patriarca e por fim ao povo que crêem no Messias, e daqui mais um poucochinho estaremos governando o mundo com ele, Maranata.

    Responder
  2. Cacildo Matias
    Cacildo Matias says:

    Parabenizo a descisao deste homem em dar glória a Deus e dizer que Jerusalem com certeza é a.capital de Esrael .Deus o abençoe ricamente está nação.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *