Novas Descobertas: Uma Fazenda, Uma Vinícola e Um Banho Romano em Jerusalém

Os resultados surpreendentes em escavações no complexo lendário de Schneller em Jerusalém.

"Foram descobertas prensas de uvas e um complexo de vinhateiros grande, além disso uma impressionante casa de banhos romana.

Os resultados surpreendentes com idade superior a 1.600 anos foram descobertos durante escavações arqueológicas realizadas pela Autoridade de Antiguidades de Israel antes da construção de edifícios residenciais no complexo Schneller de para ultra ortodoxos em Jerusalém, financiado pelo "Merom Jerusalém".

 

Schneller era um orfanato que operava em Jerusalém desde 1860 até a Segunda Guerra Mundial. Durante o governo do mandato britânico em Jerusalém, os residentes alemães foram expulsos dele e foi estabelecida uma base militar no local. Após a retirada britânica em 1948, mudou-se ali as forças de defesa de Israel. O complexo continuou a servir como uma base militar do exército até 2008 quando a escavação arqueológica revelou achados interessantes e um passado variado de Jerusalém, mais notavelmente um grande se impressionantes prensas para fabricação de vinho e um banho romano ou período bizantino, de cerca de 1.600 anos atrás.

A instalação incluia um sofisticado mosaico de azulejos sobre uma superfície branco central, onde estava um rolo compressor, que ajudava no aproveitamento máximo do suco de uva a partir do fruto em torno da superfície de pressão haviam instalados oito compartimentos de armazenamento de vinho, e talvez até mesmo para criar misturas de suco de uva com sabores mais diferenciados, e, assim, a produção de vinho em diferentes sabores, os arqueólogos acreditam que as prensas foram usadas pelos moradores de uma grande casa senhorial, cujos habitantes viviam, entre outras coisas, da viticultura e produção de vinho.

1280px-Schneller_Orphanage_063

Foram descobertos perto da impressionante evidência uma grande piscina de casa de banho, além disso,tubos cerâmicas utilizadas em banhos aquecidos, e um número de tijolos de barro. Algumas das impressões na cerâmica estão com o nome da Décima Legião romana. Esta legião foi uma das quatro legiões romanas que participaram da conquista de Jerusalém, e as unidades continuaram a permanecer na cidade até cerca de 300 AD. Entre o acampamento principal da legião romana fe o local das escavações atuais há uma distância de apenas 800 m. Há também um grande centro para a produção de cerâmica e tijolos. Arqueólogos sugerem que o complexo de Schneller, sob a forma de uma casa senhorial, um anexo ao previamente exposto site do Centro de Convenções Nacional(Binarei HaUma. Como é habitual no mundo romano, mesmo aqui no complexo de Schneller havia incorporados ao local uma casa senhorial e uma casa de banho privada ".

resizedimg88213.jpg

As descobertas arqueológicas, são na verdade uma continuação das escavações de resgate no local há seis meses, então existem evidências descobertas para o site de um assentamento judaico a partir do final do Segundo Templo.

De acordo com Alex Wigman, diretor da escavação, em nome da Autoridade de Antiguidades de Israel, "Mais uma vez, Jerusalém demonstra um desejo de não jogar uma pedra fora, são relíquias antigas relacionadas com o passado glorioso de Jerusalém. As descobertas arqueológicos feitas aqui pintam um quadro de Jerusalém - uma cidade vibrante e ativa, desde a antiguidade até os tempos modernos.".

resizedimg88211.jpg

De acordo com o arqueólogo do Distrito de Jerusalém , C. Ram: "Este é um excelente exemplo de cooperação de muitos anos, os laços profundos e estreitos com a comunidade ortodoxa. O público está acostumado a ouvir normalmente sobre a luta entre a comunidade ortodoxa e a arqueológica em torno da questão de sepulturas, mas ele não esta ciente das atividades diárias comuns, e o interesse manifestado pelos sector Ultra Ortodoxo sobre o assunto. A Autoridade de Antiguidades de Israel, bem como outros setores, está trabalhando para implementar a herança cultural antiga entre esta população ".

Banner Camisetas Cafetorah
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *