O Perfil de Um Anti-Cristo

Top Banner eTeacher

Erdoğan, o Perfil de Um Anti-Cristo - Neste artigo não temos a intensão de dizer que o atual presidente da Turquia é o anti-Cristo descrito no Novo Testamento, mas sim analisarmos juntos algumas situações relacionadas a ele e sue comportamento, demonstrando que em muito se assemelha as características de um anti-Cristo.

Recep Tayyip Erdoğan é o atual presidente absoluto da Turquia, depois que ele mesmo levou o parlamento turco a lhe conceder direitos quase que ditatoriais no país. Ele persegue a imprensa livre e apoia os islamistas, Erdoğan sonha com a restauração do Império Otomano, sendo obviamente ele o Sultão.

Erdoğan é o único presidente da Turquia que apoia abertamente a irmandade muçulmana, uma quadrilha de islamistas radical cujo objetivo é re-estabelecer estados islâmicos baseados na lei radical Sharia em todas as nações do Mundo. Para se ter uma idéia de como pensa Erdoğan, é necessário saber como pensam os membros da Irmandade Muçulmana. Em primeiro lugar, conforme citei antes, creem que a Sharia é a única forma de governo adequada aos muçulmanos, é importante lembrar que é este código de leis que permite os homens espancarem, maltratarem e até mesmo assassinarem suas mulheres em público por questões de honra. Este mesmo código de lei é que permite o assassinato livre de cristãos e judeus, e qualquer "infiel", ou seja, qualquer um que não se converte ao islamismo.

No vídeo a seguir pode-se ver Erdogan apoiando livremente a Irmandade Muçulmana

Então como seu que Erdoğan é não somente simpatizante mas também é um dos maiores patrocinadores da Irmandade Muçulmana? Bem, é muito simples, em primeiro lugar ele diz isso abertamente. Quando Erdoğan discursa em qualquer lugar ele levanta a mão direita cumprimentando o público com quadro dedos juntos e o polegar dobrado, este cumprimento foi inventado durante a revolução no Egito contra o regime de Mubarak, antes de A-Sisi. Após a revolução da primavera árabe, a Irmandade Muçulmana subiu ao poder "democraticamente" e aí começou a transformar o Egito em um inferno. As igrejas começaram a ser incendiadas, os cristãos perseguidos e o dinheiro do país começou a vazar para financiar o terrorismo do Hamas.

Quer entender ainda melhor Erdoğan, basta ouvir qualquer discurso e ver que ele é a favor da Organização Terrorista do Hamas. Ele financia o Hamas, financia tentativas de romper o bloqueio de Israel, financia agressões contra Israel e em cada oportunidade, xinga, ofende e critica o Estado de Israel, o Governo de Israel e os judeus de uma forma geral.

Repórter Turco Exilado:  Erdoğan se parece cada vez mais com Hitler

"Erdoğan se parece cada vez mais com Hitler, quando ele pede ao público para se levantar e saudar com a acenando o "Quarteto" (4 dedos para cima e o polegar dobrado) que foi inventado pelos partidários da Irmandade Muçulmana no Egito", disse Buzkurt desde seu exílio na Suécia. "Ele também diz que, para a liberdade, a vida deve ser sacrificada", Buzkort encontra outra característica semelhante.

Erdogan geralmente inicia suas palestra ou entrevistas com o "Quarteto" - quatro dedos na palma da mão, o símbolo da Irmandade Muçulmana no Egito. Os quatro dedos do "Quarteto" representam a praça de Rabia al-'Adwiya, que foi tomada por partidários da Irmandade Muçulmana em julho de 2013, depois de terem sido expulsos do poder pelo Presidente Al-Sisi. Em 14 de agosto de 2013, milhares de partidários da Irmandade Muçulmana entraram em confronto com soldados e policiais que tinham vindo para evacuá-los. A evacuação foi muito violenta, segundo o regime egípcio, cerca de 700 pessoas morreram no incidente, segundo a Irmandade Muçulmana, cerca de 2.600.

O "Quarteto" tornou-se o símbolo da Irmandade Muçulmana nas redes sociais e em várias reuniões, e no Egito foi proibido pela novo governo. Nos seus discursos nos últimos dias, Erdogan, talvez por causa da proximidade com a data do evento do Quarteto, está usando o sinal e pede ao público que o responda da mesma forma. Visualmente, a marca é muito semelhante a saudação nazista que era exigida por Adolf Hitler.

Erdogan exalta Hitler nos meios de comunicação

No vídeo a seguir em Turco, Tayyip Erdogan usa o mesmo método radical de propaganda "Hitler-Goebbels", e assim ele tomou as eleições com uma superioridade esmagadora.

O vídeo a seguir é assustador e mostra a semelhança da forma em que Recep Tayyip Erdoğan discursa e Adolf Hitler discursava. A técnica é utilizada para incitar pessoas a obedecerem, se fanatizarem completamente e é chamada por especialistas no ramo da psiquiatria como hipnose coletiva.

Erdoğan ataca para desviar a atenção

Então não se engane, quando Erdoğan ataca o Estado de Israel, ele as vezes tem a discrepância de comparar Israel com os Nazistas, ele faz isso por que sabe que se não o fizer, ele será atacado. Ele criou um regime praticamente totalitário e está cada vez mais se afastando do ocidente democrático.

Em Março de 2017, as declarações de Recep Tayyip Erdogan, acusando a chanceler Angela Merkel de usar "medidas nazistas", aparentemente enfureceram a liderança alemã, que criticou o líder turco à medida que a guerra de palavras entre Ancara e Berlim aumenta.
"As comparações nazistas são inaceitáveis em qualquer forma", disse uma porta-voz do governo alemão em Março de 2017, citada pela Reuters. Ela acrescentou que cabe a Ancara diminuir a sua retórica e evitar relações prejudiciais entre os dois aliados da OTAN.

Erdoğan está rejeitando fiscalização nas eleições, rejeitando a pressão americana para libertar pastor que foi perseguido por ser protestante. Erdoğan está isolando seu país e levando-o a uma crise financeira, a Lira Turca nunca esteve tão desvalorizada, e agora ele vira o rosto e busca outros aliados, Irã, Rússia e China.

No vídeo a seguir ele compara o sionismo com o Nazismo, ora, o sionismo na realidade foi a única forma do Povo de Israel escapar do extermínio pelos nazistas, o Mundo se cala e Erdogan continua blasfemando livremente.

Amigo de Erdoğan convocou muçulmanos a se juntarem em um grande exército e devastar Israel

Em 9 de Março de 2018 divulgamos aqui em nosso site uma notícia sobre um comentário que vazou na mídia, onde um amigo pessoal de Recep Tayyip Erdoğan levanta a hipótese de formar um grande exército muçulmano para invadir e massacrar os judeus na Terra de Israel.

Empresário e amigo de Erdogan estão promovendo a incitação ao ódio, o anti-semitismo público contra o Estado de Israel e a formação de uma aliança dos exércitos islâmicos para destruir o Povo de Israel. O sentimento imperialista dos Turcos parece nunca ter morrido, ao contrário, parece estar mais vivo do que nunca.

Os pontos principais do artigo são retirados do site da SADAT Turkish International Defense and Consulting Company, que oferece consultoria em defesa e guerra, tanto convencional quanto não convencional, e sobre organização militar, treinamento e artes. A empresa possui uma agenda de promoção da cooperação militar pan-islâmica. De acordo com a sua declaração da missão, é uma busca de "estabelecer a colaboração da defesa e a cooperação da indústria de defesa entre os países islâmicos, para ajudar o mundo islâmico a ocupar o lugar legítimo entre as superpotências, fornecendo ... consultoria estratégica e serviços de treinamento para os militares e as forças de segurança interna dos países islâmicos ".

De acordo com fontes de segurança israelenses, a empresa SADAT está envolvida em ajudar o Hamas com fundos e equipamentos militares - a criação de um "Exército da Palestina" para lutar contra Israel. Erdogan declarou em um jornal em seu país, que uma coalisão muçulmana é capaz de varrer Israel em apenas 10 dias.

Quando Erdoğan silencia é porque ele concorda e incentiva

Uma das características mais gritantes do Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan é que ele gosta de falar, falar muito, e falar mal contra os cristão e o Povo de Israel.

Quando começou a crise recente entre Erdoğan e Donal Trump, ele acusou o presidente americano "Mentalidade Sionista". Com isso ele estava acusando Donal Trump e os milhões de cristãos, ao mesmo tempo acusando o Povo de Israel. Erdoğan fala exatamente como está descrito no Livro de Apocalipse.

À besta foi dada uma boca para falar palavras arrogantes e blasfemas, e lhe foi autoridade para agir durante quarenta e dois meses.
Ela abriu a boca para blasfemar contra Deus e amaldiçoar o seu nome e o seu tabernáculo, os que habitam no céu.
Apocalipse 13:5,6

A importância de estarmos alerta

De fato, por enquanto não podemos saber se Erdoğan é a Besta descrita no Apocalipse, o Anti-Cristo. Mas a Palavra de Deus nos adverte a estarmos atentos, sermos sábios, orarmos pela PAZ de Jerusalém. Cabe a cada um de nós viver uma vida de temor e amor ao único Deus, aquele que realmente prevê a PAZ verdadeira para nossas vidas.

Olhai, portanto, cuidadosamente como andais, não como insipientes, mas como sábios,
remindo o tempo, porque os dias são maus.
Por esta razão não vos torneis insensatos, mas entendei qual é a vontade do Senhor.
Não vos embriagueis com vinho, no qual está a devassidão, mas enchei-vos do Espírito,
Efésios 5:15-18

Gogue e Magoque

Uma coalisão entre Turquia e Rússia é um processo praticamente natural em vista do afastamento da Turquia do ocidente. Rússia é o principal eixo do norte, e conforme podemos ler nas Escrituras Sagradas, Gogue e Magoque vem do extremo norte. Tanto Rússia quanto Turquia estão no extremo norte em relação ao Estado de Israel.

Felizmente Adonai em sua misericórdia e graça nos revela que esta coalisão malígna não vai prevalecer. Eles maquinarão contra o Povo Escolhido, virão como uma núvem de gafanhotos, eles caíram por suas próprias mãos. Restará ao Povo de Israel somente recolher seus cadáveres e o que sobrar da batalha naquele terrível dia conforme podemos ler a seguir:

"Por isso, filho do homem, profetize e diga a Gogue: ‘Assim diz o Soberano Senhor: Naquele dia, quando o meu povo Israel estiver vivendo em segurança, será que você não vai reparar nisso?
Você virá de seu lugar, do extremo norte, você, acompanhado de muitas nações, todas elas montadas em cavalos, uma grande multidão, um exército numeroso.
Você avançará contra Israel, o meu povo, como uma nuvem que cobre a terra. Nos dias vindouros, ó Gogue, trarei você contra a minha terra, para que as nações me conheçam quando eu me mostrar santo por meio de você diante dos olhos deles.
" ‘Assim diz o Soberano Senhor: Acaso você não é aquele de quem falei em dias passados por meio dos meus servos, os profetas de Israel? Naquela época eles profetizaram durante anos que eu traria você contra eles.
É isto que acontecerá naquele dia: Quando Gogue atacar Israel, será despertado o meu furor, palavra do Soberano Senhor.
Em meu zelo e em meu grande furor declaro que naquela época haverá um grande terremoto em Israel.
Os peixes do mar, as aves do céu, os animais do campo, toda criatura que rasteja pelo chão e todas as pessoas da face da terra tremerão diante da minha presença. Os montes serão virados de cabeça para baixo, os penhascos se desmoronarão e todos os muros cairão.
Convocarei a espada contra Gogue em todos os meus montes, palavra do Soberano Senhor. A espada de cada um será contra o seu irmão.
Executarei juízo sobre ele com peste e derramamento de sangue; desabarei torrentes de chuva, saraiva e enxofre ardente sobre ele e sobre as suas tropas e sobre as muitas nações que estarão com ele.
E assim mostrarei a minha grandeza e a minha santidade, e me farei conhecido de muitas nações. Então eles saberão que eu sou o Senhor’.

Ezequiel 38:14-23

A minha esperança é que Erdoğan venha a entender antes que seja tarde demais, que há muito mais a lucrar quando se está do lado certo, do lado da benção, do lado do Povo de Israel. Uma mudança radical poderá poupar muitas vidas e adiar e ira de Adonai sobre as nações que se rebelam contra ele.

Desde Sião, Miguel Nicolaevsky

 

eTeacher Banner Central