ONU a favor de terroristas mesmo após vitória de Israel

Ontem esperava-se que o Mundo pela primeira vez tivesse vergonha das décadas de apoio aos grupos terroristas palestinos, mas mesmo a pesar dos esforços, o resultado na prática é o oposto. A resolução de condenação do grupo terrorista do Hamas, obteve 87 votos na Assembleia Geral, não atingindo a maioria de dois terços exigida para sua aprovação. Cinquenta e sete países se opuseram à medida e 33 se abstiveram, felizmente, pela primeira vez, o Brasil ficou ao lado de Israel.

Mais uma vez, a pesar da vitória simbólica do Estado de Israel em uma votação em que a maioria absoluta dos países membros votaram a favor do Estado de Israel e contra o Hamas, a decisão não causará nenhuma mudança na prática, pois eram necessários dois terços para o Mundo inteiro condenar as atitudes do Hamas. Mais uma vez a ONU como estrutura está se revelando completamente a favor de terroristas que massacram civis, homens, mulheres e crianças, enviam crianças e adolescentes para provocar os soldados de Israel ou como escudo humano.

O Hamas continua refém dos jovens israelenses, em flagrante violação do direito internacional. Ele quebrou as cessar da ONU para matar e capturar Oron Shaul e Hadar Goldin em 2014, e sequestrou overdo Mengistu e Hisham Al-Sayed. Hamas recusa-se a fornecer qualquer prova de vida.

Deixe-me ser claro: não há "ambos os lados." Há uma organização terrorista que põe em perigo os civis, e há um estado que os protege. Em breve, o mundo vai encarar a realidade no rosto e finalmente condenar.

Pela primeira vez na ONU, um recorde de 87 países condenou o Hamas por seu foguete fogo & uso de infra-estrutura civil para fins militares contra Israel. Agradeço  Nikki Haley por seu árduo trabalho em formar uma coalizão sem precedentes. Continuaremos a lutar pela verdade!

Nikki Haley falou em seu Twitter: hoje falamos algumas verdades duras. Não podemos falar de paz no Médio Oriente até podermos concordar com uma condenação básica do Hamas e do seu terrorismo. A ONU teve a chance de fazer isso hoje, e falhou.

SteveScalise comentou para Nikki Haley: Obrigado Nikki Haley por sua liderança e candidness. É uma desgraça e um embaraço que a ONU falhou em passar uma simples medida condenando ataques violentos do Hamas a civis inocentes.

Foto: ONU

 

eTeacher Banner Central