Palestinos para o Papa e Vladimir Putin: Parem Trump!

Top Banner eTeacher

Parem Trump! É o que os palestinos estão exigindo do Papa e de Vladimir Putin. É maravilhoso ver e ouvir aquilo que os inimigos de Israel e de Adonai fazem para tentar impedir aquilo que o Senhor tem planejado desde a fundação do Mundo. Os palestinos estão apelando para ameaças, eles incitam a Jordânia, o Egito, a Turquia, a Síria, o Líbano e alista é sem fim. Porém, se chegou o tempo do Senhor, nada poderá se opor a ELE, ele é Adonai Tzevaot, o Senhor do Exércitos. Nada melhor do que lembrar as palavras do Rei Davi, o Salmista, pronunciadas a cerca de 3000 anos atrás e continuam ecoando até os dias de hoje:

Por que se amotinam as nações, e os povos tramam em vão? Os reis da terra se levantam, e os príncipes juntos conspiram contra o Senhor e contra o seu ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas. Aquele que está sentado nos céus se rirá; o Senhor zombará deles. Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os confundirá, dizendo: Eu tenho estabelecido o meu Rei sobre Sião, meu santo monte. Falarei do decreto do Senhor; ele me disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei. Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e as extremidades da terra por possessão. Tu os quebrarás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro. Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos instruir, juízes da terra. Servi ao Senhor com temor, e regozijai-vos com tremor. Beijai o Filho, para que não se ire, e pereçais no caminho; porque em breve se inflamará a sua ira. Bem-aventurados todos aqueles que nele confiam.

Salmos 2:1–12 ALMEIDA

O presidente palestino, Mahmoud Abbas(Abu Mazen), apelou ao papa Francisco, ao presidente russo Vladimir Putin, ao presidente francês Emmanuel Macaron e ao rei Abdullah II da Jordânia, instando-os a intervir e a parar o plano do presidente dos EUA, Donald Trump, de transferir a embaixada para Jerusalém. Isto foi anunciado pelo escritório de Abu Mazen.

O New York Times informou que o presidente dos EUA, Donald Trump, assinaria o pedido para manter a embaixada dos EUA em Tel Aviv. Este é o caso, como disseram funcionários do governo ao jornal, porque "a embaixada não pode ser transferida imediatamente para Jerusalém por razões logísticas". De acordo com o artigo, Trump anunciará Jerusalém como a capital de Israel em paralelo com a assinatura da embaixada em Tel Aviv por mais seis meses.

Benjamin Netanyahu ordenou aos ministros "não falar sobre a embaixada até que haja uma mensagem oficial". Mais cedo, o escritório do presidente palestino, Mahmoud Abbas, anunciou que o presidente dos EUA, Donald Trump, havia informado os dois de sua intenção de mudar a embaixada dos EUA de Tel Aviv para Jerusalém.

O escritório presidencial egípcio anunciou que o presidente dos EUA, Donald Trump, também falou com o presidente egípcio Abd al-Fatah al-Sisi. De acordo com o anúncio, a conversa tratou de uma decisão que a administração dos EUA deveria fazer com relação à transferência da embaixada americana para Jerusalém. Al-Sisi enfatizou a firme posição do Egito em manter o status legal de Jerusalém, dizendo que é necessário agir para evitar complicar a situação na região com decisões que poderiam arruinar as perspectivas de paz no Oriente Médio.

Enquanto os palestinos estão rugindo, Donald Trump já declarou que decidiu adiar por enquanto a transferência da embaixada, mas vai declarar Jerusalém como a Capital de Israel oficialmente. Ato este que não foi feito por nenhum grande nação até o dia de hoje. Apesar das ameaças, Donald Trump estará atraindo para sua nação grandes bençãos, se não materiais, com certeza espirituais.

Não adianta as nações da terra se amotinarem contra o Senhor, contra o seu Ungido e contra o seu Povo. O Braço Forte de Adonai sempre prevalecerá. Ele confundirá os valentes e vai desbaratar os exércitos inimigos. Nenhuma letra de todas as promessas proféticas de Adonai deixará de se cumprir e todos verão que ELE é o Senhor.

O Povo de Israel e o Povo Judaico em todo Mundo aguarda ansioso pelas declarações que serão feitas amanhã.

Hallelluyah!

Desde Sião,

Miguel Nicolaevsky

Fonte: New York Times, YnetNews, NRG, Reuters e IsraelHayom

Foto: PixaBay

eTeacher Banner Central
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *