Presidente da Turquia, Erdogan, expulsa embaixador de Israel em Ancara

Top Banner eTeacher

Mais uma agressão do Governo da Turquia contra o Estado de Israel, o governo expulsou o embaixador de Israel em Ancara. Ao invés de intermediar a paz e pedir ao Hamas de enviar a população e terroristas contra as Forças de Defesa de Israel, Erdogan, um discípulo de Hitler, agrava a situação incentivando o terrorismo.

Acredito que o maior erro do Governo de Israel é ter feito um acordo de normalização com o governo da Turquia sob o comando de Erdogan que é um exterminador do povo Curdo e dos cristãos da Síria.

Países que querem fazer parte de uma comunidade ocidental e não são capazes de se por ao lado de Israel contra o terrorismo, não pode ter governos legítimos e que se declarem governos democráticos. Governos como o da Turquia e da Africa do Sul que apoiam os terroristas do Hamas censurando o governo de Israel não são dignos e sofrerão as consequências de apoiarem o terrorismo institucionalizado.

A Turquia vem efetuando uma política de limpeza étnica não permitindo que os curdos vivam livremente no país, os refugiados ela obriga a entrarem na Europa, infestando o país de imigrantes e entre eles milhares de terroristas do ISIS. A política de imigração da Turquia está desmantelando a Europa e poderá levar o continente a uma catástrofe, além disso, o Presidente da Turquia, Erdogan ajuda a financiar os palestinos em Gaza.

eTeacher Banner Central