Programa a Bíblia Viva – Belém da Judeia

Top Banner eTeacher

Em nossa jornada seguimos pelo caminho de Jerusalém até Bethlehem, a Belém da Judeia. Fui acompanhado de George, um amigo comerciante da cidade velha de Jerusalém. George que é de família da Síria mas de origem dos Arameus, fala fluente o Hebraico, Inglês, Árabe e o Siríaco que é o Aramaico, a versão moderna de um dos idiomas que se falava na Terra Santa nos dias de Jesus.

Nossa primeira parada é em uma fábrica de produtos de madeira de oliveira, aqueles bem típicos das lojas de souvenirs que estão espalhados por todo Israel. Este tipo de negócio costuma ser bem familiar na região. Em Beith Sahur, a aldeia vizinha de Belém, cerca de 90% nos negócios são deste tipo.

Tivemos o privilégio de encontrarmos muita gente simpática, desde o dono que me ofereceu café árabe até o gerente que demonstrou passo a passo como é o processo da produção. Não posso ter certeza se seriam tão simpáticos se soubessem que sou judeu e israelense pois nossa conversa foi totalmente em inglês.

A História de Bethlehem - Belém da Judeia

Bethlehem é a cidade bíblica da família de Davi, o primeiro Rei da Tribo de Judá que governou sobre todo Israel após 7 anos reinando somente sobre sua tribo. Segundo a Bíblia, foi nesta mesma cidade que nasceu Yeshua, o Messias prometido ao Povo de Israel.

Acima: Cena do Nascimento de Jesus do filme Nativity

Um túmulo descoberto na primavera de 2013 e pesquisado em 2015 por uma equipe conjunta italiano-palestina descobriu que a necrópole(cidade dos mortos) em Bethlehem cobria 3 hectares e originalmente continha mais de 100 túmulos em uso entre aproximadamente 2200 AC. até 650 AC. Os arqueólogos foram capazes de identificar pelo menos 30 túmulos.

selo-de-bethlehem

Acima: Selo de Bethlehem, comprovação arqueológica, Autoridade de Antiguidades de Israel

A confirmação arqueológica de Belém como uma cidade no Reino de Judá foi por uma descoberta em 2012 na escavação arqueológica na Cidade de David em Jerusalém onde uma bulla (impressão de selo em argila seca) com uma inscrição em hebraico antigo declarava: "Da cidade de Belém ao Rei ", indicando que foi usado para selar a corda que fecha uma remessa do grão, do vinho, ou de outras mercadorias emitidas como um pagamento de imposto no 8º ou 7º século Antes de Cristo, ou seja, o período dos Reis de Judá e Israel.

bethlehem

Acima, pintura antiga de Bethlehem

Os estudiosos da Bíblia acreditam que esta Belém, situada na "região montanhosa" de Judá, pode ser a mesma que a Efrata bíblica, que significa "fértil", como há uma referência a ela no Livro de Miquéias como Belém de Efrata.

A Bíblia também a chama de Beth-Lehem Judá, e o Novo Testamento a descreve como a "Cidade de Davi". É mencionada pela primeira vez no Tanakh(Velho Testamento), na Bíblia como o lugar onde a matriarca Raquel morreu e foi enterrada "no caminho"(Gênesis 48:7). O túmulo de Rachel, o túmulo tradicional, está na entrada de Belém.

1698_de_bruijin_view_of_bethlehem_palestine_israel_holy_land_-_geographicus_-_bethlehem-bruijn-1698

Acima, pintura do século XVII

De acordo com o Livro de Rute, o vale a leste é onde Rute de Moabe colheu os campos e retornou à cidade com Naomi. Era a casa de Jessé, pai do Rei Davi de Israel, e o local da unção de Davi pelo profeta Samuel. Seria neste mesmo campo em que teria ocorrido a visão dos pastores do anjo que apareceu anunciando que Yeshua(Jesus) havia acabado de nascer em Belém.

bethlehem_1898

Acima, Bethlehem em 1898

Infelizmente, por falta de interesse árabe-palestino e da igreja católica, não são feitos trabalhos sérios de escavações arqueológicas em Bethlehem, portanto fica muito difícil fazer uma avaliação melhor dos indícios arqueológicos, não há como saber o tamanho da cidade bíblica, nem mesmo descobrir suas construções históricas, somente a tradição católica é que "determina" o que se pensa serem os lugares santos onde as cenas bíblicas teriam ocorrido.

bethlehem_christmas_pilgrims_enter_town_1890

Acima, Bethlehem repleta de peregrinos cristãos no natal de 1890

Em vista de que na Judéia não há outra Bethlehem, então pelo menos podemos saber que todos os fatos relacionados com o velho testamento e o novo testamento a respeito da cidade aconteceram em algum lugar nesta região. A tradição milenar aponta para esta ser a Belém da Bíblia, local onde o Messias nasceu. Infelizmente Bethlehem hoje é controlada pela Autoridade Palestina, o que dificulta muito tanto a vida dos moradores quanto dos turistas que desejam conhecer esta cidade bíblica.

eTeacher Banner Central
1 responder
  1. Giovana Reis
    Giovana Reis says:

    Me lembro quando dei a luz a meu filho em parto normal
    E hoje , ele adulto jovem a trabalhar no EUA pela Marinha
    Duas raízes fincadas em nós. Não nos esqueçamos de nos
    sas ligas . São muito importantes perante nosso Salvador
    Jesus, o Cristo. Respeitando -nos em nossos deslizes co
    mo humanos a caminho da perfeição em imagem e seme
    lhança com o Cristo que nos leva ao Pai Espiritual. Mesmo
    com os poderosos em nossas costas. Temos de render ao
    Salvador , toda honra e glórias. Mesmo nas guerras e na
    paz. Oremos por todos os povos, irmãos em espiritualidade.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *