Programa Odisséia Judaica – Modiim dos Macabeus

Modiim dos Macabeus - Por mais de 1600 anos ninguém sabe realmente qual o local onde a família dos Hashmoneus foi sepultada, e agora eles acreditam estar no lugar certo após dezenas de anos procurando.

Ainda mais perto da cidade moderna de Modiin, este vilarejo do período helenístico que está sendo escavado pode ter a resposta para esta questão histórica e geográfica que está por muito tempo de forma enigmática sem solução.

As novas escavações estão sendo realizadas em um vilarejo soterrado por dois mil anos e os arqueólogos encontraram nele uma grande contrução diferente de tudo que já acharam na região, o que os leva a crer que realmente se trata da cidade de Modiim de dois mil e 200 anos atrás.

Em entrevista aos meios de comunicação, os arqueólogos estão pedindo a ajuda dos cidadãos de Israel: Venham ser arqueólogos por apenas um dia, ajudem-nos a escavar e revelar os túmulos dos Macabeus.

O nome "Modi'in" deriva da aldeia "Modi'im" do sumo sacerdote Matatias e seus cinco filhos, que foi localizado na mesma área da cidade moderna. O nome "Maccabim" é hebraico para os Maccabees e é um apelido comum dado a Matatias e seus cinco filhos. "Modi'in" também é em hebraico moderno o termo utilizado para dados ou informações. Modi'in antiga cidade era o local de origem da dinastia dos Asmoneus que governou a Judéia do primeiro e segundo séculos AC, e é onde a revolta dos Macabeus contra os Gregos Selêucidas começou.
Modi'in está localizada a cerca de 35 quilômetros a sudeste de Tel Aviv e 30 km a oeste de Jerusalém, e está ligada aos dois pela Rodovia 443. Sua geografia física : Clima , formas de relevo , flora e fauna , todos refletem esta posição a meio caminho entre as duas cidades.

Autoridade de Antiguidades e Arqueologia de Israel

Nas últimas semanas, a Autoridade de Antiguidades de Israel, junto com os moradores locais e os jovens, tem vindo a realizar uma escavação arqueológica incomum em busca da localização real do Túmulo dos Macabeus.

De acordo com fontes históricas, os Maccabees - Matityahu o Hasmoneu e seus cinco filhos, a partir da antiga cidade de Modi'in, liderou a revolta contra a dominação grega e foram responsáveis pela purificação do Segundo Templo.

O objetivo da escavação arqueológica é determinar se há alguma substância às lendas e histórias que surgiram em torno do local do Horbat Ha-Gardi, localizado a uma curta distância da cidade de Modi'in, e cujo nome é associado com o Túmulo dos Macabeus.

O Túmulo dos Macabeus foi descrito em dois livros antigos de dois mil anos: O Livro dos Macabeus e as Antiguidades Judaicas de Flávio Josefo. O túmulo foi descrito como uma estrutura alta, impressionante rodeado por colunas; tinha vista para o mar e foi construído de pedras finas e foi coberto com telhados em forma de piramides.

A proximidade do local de Horbat Ha-Gardi à aldeia árabe de Al-Midya, e à semelhança do nome da aldeia ao nome da antiga Modi'in atraiu arqueólogos, estudiosos e curiosos para ali desde 150 anos atrás. Alguns deles documentaram o site em seus escritos e desenhos, e alguns até conseguiram realizar escavações lá. Este último revelou uma imponente mausoléu suportados por enormes pilares que sustentavam enormes lajes de pedra. Jazigos magníficos foram descobertos na parte inferior da estrutura. A emoção era intensa, e os primeiros pesquisadores chegaram a emitir anúncios escritos: "Na verdade, não há margem para dúvidas eu
encontrei o túmulo dos Macabeus e no túnel descobri as cinzas de Matityahu"; "As ruínas do túmulo de correspondem perfeitamente ao Túmulo dos Macabeus, conforme descrito nas fontes históricas ".

O entusiasmo foi refreado por um arqueólogo francês chamado Charles Clermont-Ganneau. Suas escavações no local revelaram mosaicos adornado com uma cruz nos pisos dos jazigos. Por isso, ele afirmou que o objetivo da estrutura é desconhecida e é cristã em sua natureza. Ele acrescentou que "É possível que esta estrutura foi construída pelos cristãos, a fim de comemorar o local de sepultamento dos Santos Macabeus, uma vez que foram exaltados aos olhos do cristianismo. É bem possível que, no futuro a evidência inequívoca será encontrado indicando o local onde é o lugar em que os Macabeus foram sepultados". Desde a publicação do relatório do arqueólogo, o local foi abandonado e manteve-se inabitado.

Em uma medida incomum a Autoridade de Antiguidades de Israel recentemente decidiu embarcar em uma campanha em busca do túmulo dos Macabeus, a fim de resolver o enigma em torno do lugar uma vez por todas, e para fazê-lo utilizando as ferramentas de pesquisa moderna. Tal descoberta é, sem dúvida, de importância nacional e científica do mais alto nível.
Nas últimas semanas, o magnífico mausoléu foi localizado, e foi re-escavado com a ajuda de muitos residentes locais de Modi'in e os assentamentos de Hevel Modi'in. Eles foram levado para a aventura e têm contribuído para a escavação por dedicarem seu tempo e energia e tornaram-se parte integrante da equipe de profissionais.

De acordo com Amit Re'em e Dan Shahar, diretores da escavação, em nome da Autoridade de Antiguidades de Israel, "Não há dúvida de que a estrutura que foi descoberta é incomum. As descrições de 150 anos atrás foram reveladas aqui mesmo na frente de nossos olhos, e descobrimos as magníficas abóbadas funerárias, enormes pilares que aparentemente foram apoiados em um segundo periodo da história, um pátio que levava ao túmulo e outros edifícios associados. Para nossa decepção, o edifício visto por nossos antecessores tinham sido roubados, e suas pedras foram levadas para a construção de assentamentos na vizinhança; no entanto, a aparência do lugar é impressionante e estimula a imaginação. A evidência arqueológica atualmente em mãos ainda é insuficiente para demonstrar se este é o lugar dos sepulcros dos Macabeus. Se o que nós descobrimos não é o túmulo dos próprios Macabeus, então há uma alta probabilidade de que este é um site do cristianismo primitivo identificado como o recinto funerário real e, portanto, talvez, tenham erguida esta estrutura. Evidentemente, não se pode descartar as hipóteses do passado, mas uma escavação e um monte de trabalho duro ainda são necessários para confirmar essa suposição de forma inequívoca, e o enigma permanece sem solução: a busca dos túmulos indescritíveis dos Macabeus continua ".

A Autoridade de Antiguidades de Israel financiou a escavação do túmulo de seu orçamento, e recursos adicionais são necessários a fim de angariar o máximo de informações possível sobre a área, na esperança de chegar a uma solução para este enigma.

Prensa de azeite com mais de 1.400 anos descoberta em Modiin

A Autoridade das Antiguidades de Israel declarou ter descoberto na cidade de Modiin Maccabim-Re'ut uma prensa de azeite bem conservada, talvez a maior e mais preservada em toda a região próxima a cidade.

Casa do oleiro encontrada têm 8 metros de comprimento e 6 metros de largura, e além das pedras entalhadas que eram utilizadas para prensa e colheita do azeite, foram encontrados no local o saco original de cordas utilizado para a colocação das azeitonas debaixo da prensa, bem como a madeira da prensa e um grande parafuso utilização para a compressão, todos em ótimo estado de conservação e foram retirados para serem completamente restaurados.

A prefeitura da cidade de Modiin estará preparando junto com a Autoridade das Antiguidades de Israel o local afim de permitir aos moradores da região de visitarem o local que fica bem próximo do principal parque público da cidade no bairro chamado Kaiser.

A descoberta foi feita durante investigações arqueológicas de preparação para a expansão das construções de moradias na região.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *