Sanções americanas fazem efeito, Iranianos já estão na miséria

O Irã está a beira de um colapso, os iranianos já estão na miséria, pelo menos é o que podemos aprender com o artigo publicado pelo IsraelHayom, o jornal mais lido em Israel.

As sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irã entraram em vigor nesta terça-feira, mas a pressão econômica e a falta de dólar já alguns meses está levando o país a uma grande pressão.

Os Estados Unidos estão tentando pressionar o regime iraniano a sentar-se à mesa de negociação, mas um especialista em assuntos iranianos disse ao Jornal IsraelHayom que "o regime deve encontrar maneiras criativas de contornar as sanções, enquanto o povo geme sob pressão econômica, para a criação de grupos organizados para vender rins e alojamento em Cemitérios.

Dr. Tamar Elam-Gindin do Centro Acadêmico Shalem, monitora os meios de comunicação oficiais e particularmente o Irã por muitos anos, acredita que as pessoas nas ruas iranianas começaram a responder as sanções antes de terem sido impostas na prática. "Enquanto os censores do regime iraniano monitora a mídia oficial", diz Elam-gindin "nas redes sociais: Twitter, Facebook, Telegram pode ser visto cada vez mais 'picos' de indignação pública significativa, agora será ainda mais levada a cabo das sanções preliminares, e um dia eles são cairão".

Segundo ela, o significado das sanções não é apenas no setor econômico, mas também psicológico, criando um clima que afeta a economia. "O presidente Rouhani reivindicou a recente repressão à frente da administração dos Estados Unidos contra o Irã como uma guerra principalmente psicológica, e isto é certo.

O Real Iraniano está perdendo o valor em relação ao dólar drasticamente muito antes de os EUA realmente fazerem alguma coisa. Toda vez que há sanções, mesmo antes de entrar em vigor, o real está caindo. Isso leva a um aumento dramático de centenas de por cento no preço de vários produtos no Irã. Até mesmo os bens essenciais que todo cidadão precisa aumentaram de 10% a 30% nesta semana. Os civis foram significativamente atingidos".

De acordo com Elam-Gindin, os danos económicos e morais para o povo do Irã na sequência das novas sanções americanas é muito mais difícil que nas sanções anteriores. "O público está se esforçando para encontrar maneiras de ganhar a vida. Por exemplo, os jovens iranianos criaram um site onde eles oferecem seus rins para venda, e indicam o seu tipo de sangue. Isso é algo que revela a situação real no Irã. Há um aumento dramático de pessoas que trabalham em dois ou até três empregos apenas para cobrir suas despesas."

Se o Irã não se dobrar, o pais mais cedo ou mais tarde acordará em uma nova revolução popular, mas desta vez rumo a uma democracia verdadeira, ou uma ditadura militar secular.

Fonte: IsraelHayom, Foto: PixaBay

eTeacher Banner Central