Tel Ayalon – A Cidade Bíblica de Aijalom

Tel Ayalon é um sítio arqueológico a 280 metros acima do nível do mar, localizado no lado leste do Canadá Park, cerca de 1.200 metros a sudoeste de Mevo Horon. O esta colina de ruínas é identificada com a antiga cidade de Ayalon - Aijalon em português, que deu seu nome ao Vale de Ayalon Valley e o Riacho de Ayalon.

Ayalon é mencionado na Bíblia em várias ocasiões. No Livro de Josué, ela é lembrada como uma das cidades dadas à tribo de Dan:

A sétima sorte saiu à tribo dos filhos de Dã, segundo as suas famílias. O termo da sua herança inclui: Zorá, Estaol, Ir-semes, Saalabim, Aijalom, Itla,

(Josué 19:40–42 ALMEIDA)

Mas no Livro dos Juízes é mencionado como uma das cidades que a tribo de Dan não conseguiram herdar:

Os amorreus quiseram também habitar no monte Heres, em Aijalom e em Saalabim; contudo prevaleceu a mão da casa de José, de modo que eles ficaram sujeitos a trabalhos forçados.

(Juízes 1:35 ALMEIDA)

A Bíblia também menciona que a cidade ficou com os habitantes amorreus dela, mas eles ficaram sujeitos a trabalhos forçados:

Os amorreus quiseram também habitar no monte Heres, em Aijalom e em Saalabim; contudo prevaleceu a mão da casa de José, de modo que eles ficaram sujeitos a trabalhos forçados.

(Juízes 1:35 ALMEIDA)

E foi nesta região que ocorreu a batalha mais decisiva do Povo de Israel contra a aliança dos cinco reis cananeus que queriam acabar com os gibionitas que haviam feito aliança com os Hebreus.

Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor entregou os amorreus na mão dos filhos de Israel, e disse na presença de Israel: Sol, detém-se sobre Gibeão, e tu, lua, sobre o vale de Aijalom. E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isto escrito no livro de Jasar? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro. E não houve dia semelhante a esse, nem antes nem depois dele, atendendo o Senhor assim à voz dum homem; pois o Senhor pelejava por Israel.

(Josué 10:12–14 ALMEIDA)

Uma pesquisa realizada em Pela Universidade de Tel Tel Aviv em 1968 revelou que foi encontrado uma cidade da Idade do Bronze, ou seja, o período dos cananeus, e esta pode ter sido o "Yallon" mencionado nas cartas de Al-Amarna no século 14 AC.

Ayalon também foi mencionada na lista de cidades que Sisaque destruiu durante sua jornada para a Terra de Israel em 925 AC. A cidade foi fortificada por Roboão, rei de Judá, mas o assentamento não foi contínuo, e foi renovado nos dias do Retorno a Sião, quando os judeus retornaram do cativeiro babilônico.

Durante os períodos romano e bizantino, o vilarejo foi chamado de "Alus" ou "Yalu".

Em 1133, Pollack de Anjou construiu a fortaleza de Castellum Arnoldi no topo da colina, que está localizada na estrada que leva a Jerusalém via Beit Horon.

A fortaleza foi destruída em 1187 por Saladino. Os remanescentes do muro dos cruzados ocidentais e parte da parede do sul ainda estão em cima da colina e podem ser vistos em nosso vídeo.

Perto da antiga Tel Ayalon foi construída posteriormente uma vila árabe chamada de Yalu, e ela permaneceu até que foi destruída em 1967 e seus habitantes foram expulsos. Os restos da aldeia estão espalhados ao redor das ruinas.

eTeacher Banner Central
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *