Trégua entre Israel e Hamas após demolição de prédio de 5 andares

Trégua entre Israel e Hamas - Após Israel ter rejeitado um pedido inicial de trégua do Hamas ao final de uma noite de bombardeios, não demorou muito para o grupo terrorista descobrir que mais louco que eles para atacar os judeus, são loucos os militares e o governo de Israel para defender o seu povo.

Após cerca de 200 foguetes, morteiros e mísseis terem sido lançados sobre o território de Israel, a Força Aérea de Israel pois abaixo um prédio de 5 andares na região central da Faixa de Gaza.

O resultado foi que o pânico tomou conta da região, finalmente os ativistas do Hamas entenderam que a paciência do Estado de Israel acabou, lançamento de mísseis a partir de agora têm uma preço muito caro, demolição de prédios e infra-estruturas inteiras em Gaza.

Desde ontem a noite até agora de manhã, nenhum míssel, foguete ou morteiro foi disparado contra o Sul de Israel. O cessar-fogo é resultado não somente da resposta agressiva de Israel, mas também de uma grande pressão do Egito, que deixou claro, se Hamas não parar, não haverá mais Faixa de Gaza, o Egito não se oporá a uma operação ampla das Forças de Defesa de Israel.

Israel deixou claro para o Hamas que esse caminho não terá sucesso e que, além do que foi prometido como parte do cessar-fogo - a abertura da travessia de Kerem Shalom e das áreas de pesca e mais duas horas de fornecimento de eletricidade à Faixa de Gaza - não receberá mais nada. Tudo o que ele quer (um porto, um aeroporto e a entrada de bens adicionais do Egito e de Israel) requer um acordo amplo, que também incluirá o cessar do tráfico de armamento e devolução dos corpos de soldados da IDF e os civis que estão sendo mantidos em cativeiro na Faixa de Gaza.

Aparentemente há uma cessar fogo, e a pergunta é: Até quando? Somente o tempo dirá, com grupos terroristas não há o que conversar ou negociar, a única solução para esta situação é o modelo Sri Lanka. Sri Lanka é o único país no Mundo que conseguiu exterminar de vez o terrorismo, eles não negociaram, eles simplesmente caçaram terrorista por terrorista, matando todos eles.

Hamas é um grupo viciado em terrorismo, ele exalta a morte ao invés da vida. Israel por sua vez não tolera a violação da vida normal para seus cidadãos, o Povo de Israel já passou por muitos perigos de extermínio para se dar ao luxo de perder sequer uma batalha.

Masada nuca mais!

eTeacher Banner Central